Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Palmeiras vive momento de reflexão para conquistar título brasileiro

William Correia São Paulo (SP)

Do seu último jogo, na quarta-feira, até enfrentar o Criciúma, o Palmeiras terá 18 dias de trabalho. Tempo que será usado como reflexão do que já foi feito para buscar o título no principal torneio nacional do País. Após cair na semifinal do Campeonato Paulista, o clube quer e acredita que pode ser campeão brasileiro no ano de seu centenário.

“Vamos começar o Brasileiro não apenas para competir, mas para vencer. Não vamos disputar o Brasileiro apenas para lutar por vaga na Libertadores ou para ficar no meio da tabela”, avisou Wendel, adotando estratégia para aproveitar o período sem jogos, criado pela derrota para o Ituano que impediu o time de estar na decisão estadual.

“É um momento de reflexão para vermos o que acertamos e o que erramos, tirar os erros como lição e sempre procurar trabalhar mais. Não queríamos essas duas semanas para preparação, queríamos disputar as finais, mas vamos aproveitar esse momento para refletir, trabalhar bem e recuperar quem está com lesão”, indicou o lateral.

Apesar da frustração por não conseguir seu primeiro objetivo na temporada, ficando sem o título paulista, o camisa 13 está convicto de que o que foi mostrado na competição estadual credencia o Verdão a sonhar com seu primeiro título brasileiro depois de 20 anos. E trabalhando do mesmo jeito.

“Começamos o Paulista focados em ser campeões e temos que começar o Brasileiro assim”, afirmou. “O Palmeiras sempre entra nas competições para ser campeão. Estávamos focados no título paulista e fomos muito bem, tanto que todos apostavam no Palmeiras, mesmo com o Santos tendo uma grande equipe. Fazemos parte de um time grande, com grande torcida e em condições de sempre lutar para ser campeão.”

Djalma Vassão/Gazeta Press
Elenco pretende usar tempo sem jogos após a eliminação no Paulista para conquistar o principal torneio do País
A conquista tranquila do título da Série B do Brasileiro do ano passado é um estímulo para Wendel sonhar em ser campeão na primeira divisão deste ano. O lateral direito analisa que o entrosamento e a qualidade já aumentaram em relação a 2013 e ainda terá o incremento de reforços para a liga nacional.

“O time está bem montado, com a estrutura montada desde a Série B. O Campeonato Paulista foi muito bom, foi formado um grande elenco, um grupo forte, e a diretoria e a comissão técnica estão trabalhando para ter jogadores à disposição no Brasileiro, que é longo”, apontou o camisa 13.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade