Futebol/Brasileiro Série B - ( )

Paranistas reconhecem falhas em primeira derrota

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Em um jogo com muitos gols, mas tecnicamente fraco, o Paraná Clube perdeu a primeira na Série B do Campeonato Brasileiro para o Joinville, por 3 a 2, na Vila Capanema, e deixou o torcedor desconfiado, especialmente pelas falhas do sistema defensivo. O técnico Claudinei Oliveira reconhece que o Tricolor fez uma apresentação ruim, mas acredita que o resultado seria outro, na fossem os erros.

“Com todo respeito ao Joinville, perdemos para nosso próprio jogo. Os gols do adversário não foram jogadas trabalhadas, foram vacilos da nossa equipe”, analisou o treinador, que justificou o excesso de erros, especialmente de passes. “Sempre atrás no marcador, tem que acelerar o jogo e acaba errando precipitando um passe. Isso faz com que a equipe erre mais do que o normal”, completou.

O volante Edson Sitta concordou com a análise do técnico e admite que o time falhou quando não podia em campo. “Nós falhamos, tomamos três gols de falhas, de bobeira. Fizemos o mais difícil que era empatar, mas erramos novamente. Depois a equipe deles se fechou. Agora é levantar a cabeça, corrigir para não errar mais, e nos próximos jogos conseguir os resultados favoráveis”, disse.

Autor de dois gols, o atacante Giancarlo saiu de campo preocupado com o tropeço, mas já pensa em recuperar os pontos diante do Santa Cruz, em Recife. “Se houve tropeço tem que ser por méritos do adversário, não nos nossos erros. Faltam 36 rodadas, mas não podemos falhar, tem que abrir o olho e agora buscar os pontos fora”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade