Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Parceria entre Audax e Lusa mela por questões internas no Canindé

Yan Resende, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Depois de uma má campanha no Estadual e uma precoce eliminação na Copa do Brasil, a Portuguesa tentou fechar uma parceria com o Audax, na qual o clube-empresa, associado ao Grêmio Osasco, cederia seus jogadores para incorporar o elenco rubro-verde. O acordo, porém, acabou não sendo consolidado por causa de questões internas no Canindé.

De acordo com o presidente Ilídio Lico, o estatuto da Portuguesa impediu com que o negócio fosse realizado da forma como teria sido acordado entre as duas partes. Ciente de que seria uma boa oportunidade para reforçar o elenco rubro-verde para a disputa da Série B, o mandatário da Lusa lamentou a impossibilidade de concretizar, agradecendo pela atenção dada pelo Audax.

“Era uma promessa que surgiu depois de uma conversa, mas ficou apenas na conversa, não tem nada definitivo, e ficou difícil por causa do estatuto da Portuguesa. Tenho que agradecer pela atenção do Mário (dono do Audax) e estou até tentando falar com ele para dar uma resposta”, explicou o presidente Ilídio Lico após contato, via telefone, com a GazetaEsportiva.Net.

A iniciativa do Audax apostava em um time reforçado na Série B para conquistar o acesso. Sendo assim, a Portuguesa na primeira divisão poderia dar o retorno necessário ao clube-empresa, que doaria os seus jogadores para o clube do Canindé. Além disso, seria uma boa oportunidade de expor os atletas da equipe, que agora disputa a primeira divisão do Campeonato Paulista.

Sem sucesso com a Portuguesa, o Audax também tenta um acordo com o Guaratinguetá, que passa por situação delicada na temporada. Depois de se livrar do rebaixamento à Série A3 do Paulista, o time do Vale do Paraíba precisa de reforços para brigar pelo acesso na Série C do Campeonato Brasileiro, pela qual o clube estreia no próximo domingo, contra o Mogi Mirim, fora de casa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade