Futebol/Copa Verde - ( )

Paysandu vira sobre o Brasília e leva vantagem para a decisão no DF

Belém (Pará)

Na noite desta terça-feira, ocorreu a primeira partida da decisão da Copa Verde. Atuando no Estádio do Mangueirão, em Belém, o Paysandu começou perdendo, mas reverteu a desvantagem e triunfou sobre o Brasília, pelo placar de 2 a 1. Os gols do triunfo bicolor foram anotados por Héverton e Lima. Gilmar descontou para o Colorado candango.

Com o resultado, o Papão da Curuzu poderá empatar no Distrito Federal, por qualquer placar, para ficar com o troféu e a vaga na Copa Sul-americana de 2015. O compromisso de volta será no dia 21 de abril, segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), na Boca do Jacaré.

O jogo – Mesmo atuando no Estádio do Mangueirão, o Brasília não se intimidou e inaugurou o marcador. Em cobrança de falta na intermediária, o meia Gilmar demonstrou categoria e mandou a bola no ângulo de Matheus. Porém, o Paysandu não se intimidou com o tento sofrido e empatou a partida aos 14 jogados. Pivô do rebaixamento da Portuguesa para o Campeonato Brasileiro da Série B, Héverton recebeu de Lima e, cara a cara com Artur, tocou na saída do adversário para balançar a rede.

Com 15 jogados, o Colorado candango voltou a assustar. Clécio experimentou de fora da área e viu Matheus praticar boa defesa. No rebote, Marlon, bem postado na área, acabou finalizando para fora. Quando o relógio apontou a marca dos 30, o goleiro visitante errou no tiro de meta e deixou a bola nos pés de Yago Pikachu. Porém, o veloz jogador bicolor fora travado no momento da finalização, após invadir a área.

Quando o jogo se encaminhava para o final, o Papão da Curuzu criou uma grande chance para virar o jogo. Depois de receber na área, Lima dominou e finalizou firme, mas viu o zagueiro Márcio Santos tirar a bola em cima da linha.

Porém, o tento que quase saiu na primeira etapa saiu no início do período complementar. Aos oito minutos, Artur saiu mal e não conseguiu afastar um cruzamento de Yago Pikachu. No rebote, lá estava o oportunista Lima para anotar o tento da virada do Paysandu.

A vantagem fez do Bicolor uma equipe superior em campo, todavia, o Brasília teve uma boa chance para decretar a igualdade aos 32 jogados. Em contragolpe rápido, Alekito finalizou da entrada da área, mas viu Matheus espalmar a bola com a ponta dos dedos. A resposta mandante veio no minuto seguinte, em cabeçada de Aírton, que passou rente à trave esquerda colorada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade