Futebol/ Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Portugal quer ‘intensidade’ para bater Vitória em Salvador

Curitiba (PR)

Para o técnico do Atlético Paranaense, Miguel Ángel Portugal, o duelo contra o Vitória, neste domingo, às 16 horas, no Estádio Pituaçu, será o divisor de águas para as pretensões do Furacão no Campeonato Brasileiro. A equipe do espanhol bateu o Grêmio na primeira rodada, em Florianópolis, mas para ele será contra o rubro-negro baiano o jogo que vai definir o que os seus comandados farão durante a competição.

“O jogo contra o Vitória pode ser um bom teste para medir as possibilidades do nosso time para o futuro”, declarou o treinador. O time da capital paranaense não começa a Série A vencendo dois jogos seguidos desde 2007, quando derrotou Figueirense e Internacional. Antes disso, o Furacão havia repetido o feito apenas em 2001, ano do título brasileiro.

O treinador espanhol quer sua equipe atuando fora da casa com a mesma agressividade de quando joga em seus domínios. No entanto, a perda de nove mandos de campo, por causa da briga entre torcidas de Atlético-PR e Vasco em Joinville, é motivo de preocupação para o comandante.

“Este começo é muito difícil para nós. Temos de jogar muitas partidas fora do nosso estádio. Precisamos estar preparados para jogar do mesmo jeito em casa ou fora. E por isso tentaremos ganhar com a mesma filosofia, mesma intensidade, e velocidade, que são nossas qualidades”, concluiu o estrategista.

Divulgação/Atlético-PR
Técnico do Atlético Paranaense, Miguel Ángel Portugal, quer a mesma postura de sua equipe nos jogos fora

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade