Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Portuguesa vence de virada, mas Potiguar se classifica pelo gol fora

São Paulo (SP)

O baixo público presente no Canindé, 1.132 pagantes, já indicava que a esperança do torcedor rubro-verde não era grande. Após a derrota por 1 a 0 no primeiro jogo, a Portuguesa precisava reverter a vantagem do Potiguar, até conseguiu vencer por um gol de diferença, mas amargou a precoce eliminação por não ter feito gol fora de casa. De virada, a equipe rubro-verde derrotou os visitantes do Rio Grande do Norte por 2 a 1 e está fora da Copa do Brasil já na primeira fase.

Derrotada no primeiro jogo, a Portuguesa precisava tirar a vantagem do adversário no Canindé. Sendo assim, o torcedor rubro-verde esperava uma postura mais agressiva de sua equipe, o que não aconteceu. Sem temer o time da casa, o Potiguar resolveu surpreender primeiro tempo e abriu o placar.

Aos 24 minutos, o ataque do Potiguar trabalhou bem a bola, envolveu a zaga da Portuguesa e conseguiu invadir a área com Reginaldo Júnior, que recebeu o lançamento de Vavá, bateu cruzado e contou com generosa contribuição de Glédson. O goleiro rubro-verde se ajoelhou e não aceitou o chute sem muita força.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Reginaldo Júnior abriu o marcador sobre a Portuguesa e marcou o gol da classificação do Potiguar no Canindé
Para ensaiar uma reação, a Portuguesa não ficou muito tempo em desvantagem, empatando a partida dez minutos mais tarde. Vander fez a jogada pela direita, driblou o zagueiro e bateu cruzado. Laércio apareceu na segunda trave e desviou para o fundo das redes, alimentando as esperanças do torcedor presente no Canindé.

Mesmo com o empate, a Lusa precisava ainda de dois gols e por isso seguiu pressionando no campo de ataque. O time de Argel Fucks, no entanto, só foi recompensado no segundo tempo: aos 19, Laércio arriscou de longe, o goleiro espalmou e Vander completou o rebote, colocando os anfitriões na frente.

O lance colocou fogo na partida e a Portuguesa se lançou ao ataque nos minutos finais. Ainda assim, o time comandado por Argel Fucks tinha muitas dificuldades para furar a defesa adversária. A pressão, portanto, pouco adiantou e a torcida rubro-verde teve que amargar a precoce eliminação na Copa do Brasil.

Agora, após a façanha desta quarta-feira, o Potiguar tem um adversário menos conhecido, mas que também surpreendeu na primeira fase. O time de Rio Grande do Norte vai encarar o Santa Rita, de Alagoas, que eliminou o Guarani, empatando sem gols em casa e vencendo o time campineiro no segundo confronto.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade