Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Régis ganha prêmio de goleador e projeta Chapecoense forte

Chapecó (SC)

 

Mesmo sem conseguir atuar em todos os jogos do Catarinense 2014, devido a alguns problemas físicos, o meia Régis da Chapecoense conseguiu atingir o topo da artilharia no torneio. Com 8 gols, ficou um à frente de Schwenck, do Marcílio Dias, e Jabá, do Juventus.

O artilheiro de Chapecó comenta durante a festa de premiação dos melhores do estadual, na noite de segunda-feira, sobre a dificuldade que teve na liberação do São Paulo e a felicidade de ter sido artilheiro isolado da competição.

“Demorou a minha liberação por causa da liberação do São Paulo, mas eu consegui vir a Chapecó. Aprimorei a parte física para depois estar à disposição. E as coisas deram certo e espero que ainda deem muito mais no Brasileiro. E estou muito feliz com essa artilharia”.

O Verdão do Oeste estreia na Série A neste sábado, às 21 horas, contra o Coritiba, na Arena Condá. Será a primeira vez que a Chapecoense disputará o Brasileiro com a elite, neste formato de vinte clubes. No entanto, para Régis, não será isso um problema para o time de Santa Catarina.

“A Chapecoense está montando um time muito forte, e estamos confiante com o título do hexagonal. Vamos estrear contra o Coritiba em casa, esperamos fazer uma excelente estreia diante da nossa torcida”, avisou.

Divulgação
Meia-atacante Regis está confiante em ver a Chapecoense brilhar no Brasileiro

 

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade