Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Reservas do Cruzeiro vencem o Bahia na estreia

Salvador (BA)

No duelo entre os campeões estaduais baiano e mineiro, o Cruzeiro se deu melhor e saiu vitorioso da Arena Fonte Nova neste domingo. O clube celeste, que estava com os reservas, venceu o Bahia por 2 a 1, em jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols da vitória cruzeirense foram marcados por Nilton e Marcelo Moreno, enquanto que o time da casa diminuiu com Anderson Talisca.

Na próxima rodada, o Bahia irá visitar o Figueirense na Arena Barueri, em São Paulo. O Cruzeiro receberá o São Paulo no Parque do Sabiá, em Uberlândia.

O jogo – Antes do confronto começar, os clubes trocaram as faixas dos campeonatos conquistados neste ano, já que ambos ganharam os estaduais que disputaram nesta temporada.

O time da casa começou melhor, demonstrando mais disposição a atacar o rival de Minas Gerais. O Cruzeiro se defendia, mas também avançava em direção à área do clube baiano, com pouco perigo.

Logo no começo, o elenco celeste teve uma boa chance. Aos cinco minutos, Willian entrou na área e dividiu com o goleiro Marcelo Lomba, que conseguiu mandar a bola para escanteio.

As chances na primeira etapa foram escassas. Ambos os times apostaram muito no contra-ataque para criar oportunidades de gol. Os chutes de longa distância também foram muito utilizados, mas nenhum gerou ameaça aos goleiros.

Quando faltava pouco para os times irem para os vestiários, aos 45, o Bahia quase inaugurou o placar. Rhayner fez boa jogada e tocou para Lincoln, que rapidamente viu Maxi Biancucchi desmarcado. O argentino invadiu a área e chutou no arco cruzeirense, mas Fábio realizou uma boa defesa.

O segundo tempo começou com amplo domínio cruzeiro. O time de Minas Gerais dava sinais que ia abrir o placar. Aos 14 minutos, Souza aproveitou o espaço dado pelos defensores do Bahia e arriscou de longe, acertando a trave esquerda do gol defendido por Marcelo Lomba.

Na sequência, aos 17 minutos, o placar da Arena Fonte Nova foi inaugurado pelo Cruzeiro. Marlone cobrou escanteio e Nilton cabeceou a bola no canto direito do goleiro do Tricolor Baiano.

O Bahia tentou responder rapidamente. Rafinha chutou fraco, mas o goleiro Fábio se atrapalhou e acabou dominando mal a bola, que acabou sobrando para Rhayner. O atacante rematou e o guarda-meta teve que dividir com o atleta rival para evitar o gol do time da casa.

A equipe da casa chegou ao empate aos 35 minutos, após pênalti sofrido por Rhayner, que driblou Nilton e o volante derrubou o jogador. Anderson Talisca foi para a cobrança e converteu a penalidade máxima para alegria dos torcedores presentes na Arena Fonte Nova.

Aos 40 minutos, um torcedor jogou um copo no gramado e o árbitro Luiz Flávio de Oliveira paralisou a partida. A polícia logo identificou o infrator.

O Cruzeiro fez o gol da vitória no final da partida, aos 44 minutos do segundo tempo. Após cobrança de escanteio, Marcelo Moreno subiu livre e cabeceou forte para o fundo do gol baiano.

Divulgação
Os reservas do Cruzeiro aproveitaram as bolas paradas e venceram o Bahia na Arena Fonte Nova (Foto: Vaner Casaes / Ag. BAPRESS)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade