Futebol/Campeonato Liga dos Campeões - ( - Atualizado )

Reus brilha, Borussia vence Real Madrid, mas não consegue classificação

Dortmund (Alemanha)

No Signal Induna Park, o Borussia Dortmund venceu o Real Madrid, por 2 a 0, com dois gols de Marco Reus, mas não conseguiu se classificar às semifinais da Liga dos Campeões, já que perdeu o primeiro embate, no Santiago Bernabéu, por 3 a 0. A partida desta terça-feira ficou marcada pela garra do time alemão, que se lançou ao ataque e pressionou durante os 90 minutos.

O brasileiro Casemiro foi uma das armas utilizadas pelo técnico merengue Carlo Ancelotti para conter a pressão da equipe de Dortmund no fim do jogo. Além de Reus, o goleiro Weidenfeller foi fundamental para o placar positivo. Sem Cristiano Ronaldo, o Real Madrid agora espera o sorteio para saber quem enfrenta nas semifinais da Liga.

O jogo – Tranquilo com vantagem adquirida no primeiro jogo, o Real Madrid entrou em campo com o claro objetivo de cadenciar o duelo e chamar o Borussia a seu campo de defesa. Nervoso, o time alemão começou errando muitos passes e com dificuldades para pressionar o adversário madrileno. Os comandados de Klopp quase sofreram o primeiro gol aos 15 minutos, quando o zagueiro tirou a bola com o braço dentro da grande área e o juiz marcou pênalti para os merengues. Na cobrança, Dí Maria bateu no canto direito e o goleiro Weidenfeller fez excelente defesa.

A partir de então, o Borussia pareceu ganhar um novo ânimo no jogo e começou a armar jogadas de maneira mais organizada. Aos 25, Pepe errou no recuo à Iker Casillas e, oportunista, Marco Reus não encontrou dificuldades para tirar do goleiro e mandar para o fundo das redes madrilenas.

Abatido, o Real seguiu sem forças para criar jogadas de perigo e acabou assistindo o domínio total do time de Dortmund. Apoiado por sua torcida, os anfitriões chegaram ao segundo gol em mais uma saída errada de bola merengue. As 36, Reus roubou a bola no campo de ataque e deixou Lewandowski em ótimas condições para marcar, mas o polonês mandou na trave. No rebote, o inspirado Reus chutou com muita força e não perdoou Casillas, marcando seu segundo gol no duelo.

AFP
Marco Reus foi a grande estrela da vitória do Borussia Dortmund diante do Real Madrid (Foto: Odd Andersen)

Fechado em seu campo de defesa, o Real se viu sem forças para conseguir armar contra-ataque ou mesmo tirar a redonda de seu campo defensivo. No banco de reservas, Cristiano Ronaldo não conseguiu permanecer sentado e gritou muito com seus companheiros, claramente irritado com a atuação do time de Madri. No fim do primeiro tempo, os jogadores foram direto aos vestiários para uma conversa com o técnico Carlo Ancelotti.

O Real Madrid voltou ao segundo tempo mais vivo no jogo. Logo aos 14 minutos, Benzema recebeu belo lançamento de Modric, driblou o goleiro e encontrou o gol aberto, mas Hummels, atento, evitou o pior e tirou a bola dos pés do atacante na hora exata.

Insistente, o Borussia não cansou de pressionar durante todo o tempo. Mkhitaryan mandou na trave e, logo em seguida, viu Casillas fazer excelente defesa em outra bela jogada ofensiva armada pelos alemães.

Os alemães seguiram se lançando ao ataque até o apito final do árbitro, mas não conseguiram o placar que precisavam e acabaram desclassificados da Liga dos Campeões.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade