Futebol - ( - Atualizado )

Romarinho aproveita falhas do Audax e define vitória em jogo-treino

Marcos Guedes São Paulo (SP)

 

Mano Menezes observou o Corinthians em mais um jogo-treino na tarde de sexta-feira. O técnico manteve os titulares durante boa parte dos 90 minutos contra o Grêmio Osasco Audax, no CT do Parque Ecológico, e viu Romarinho marcar os gols da vitória por 2 a 1, aproveitando falhas do adversário.

Em sua tradicional saída de bola suicida, sem chutões, os visitantes entregaram a primeira para Romarinho, que bateu na saída do goleiro, aos 14 minutos do segundo tempo. Ítalo empatou quatro minutos mais tarde, após cruzamento da esquerda e corte parcial de Gil. Cássio fez boa defesa, mas a rede foi balançada no rebote.

A igualdade persistiu até os 39 minutos, quando o Audax voltou a errar na saída. Guilherme roubou a bola na intermediária e deu bom passe para Romarinho, que mais uma vez tocou na saída do goleiro. A vantagem mínima foi mantida até o término da atividade.

Divulgação/Agência Corinthians
Romarinho aproveitou as duas chances que lhe ofereceu a defesa do Audax (foto: Rodrigo Coca)
Como tem feito em toda a preparação do Corinthians para o Campeonato Brasileiro, Mano montou o time assim: Cássio; Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto e Jadson; Luciano e Romarinho. Entraram Zé Paulo, Malcom e Petros.

Pouco aconteceu no primeiro tempo, com o Audax mantendo bastante a posse de bola, porém sem objetividade. “Foi mais um treino físico do que um treino técnico, porque a gente correu muito. Eles parecem aquele time varzeano, que não tem muita posição e fica muito com a bola”, comentou Fábio Santos.

Na etapa final, o Corinthians passou a chegar com muito mais frequência. Ralf e Renato Augusto estiveram perto da rede em jogadas trabalhadas, mas os gols só saíram mesmo em erros do adversário. “A saída deles é diferente do que a gente está acostumado. Não pudemos enfrentá-los no Paulista. Então, foi curioso”, disse Fábio.

A não ser que a programação seja alterada, foi o segundo e último teste alvinegro antes da estreia no Nacional, no próximo dia 20, contra o Atlético-MG. Sem jogar oficialmente desde 23 de março, o time de Mano já havia derrotado a Ponte Preta por 2 a 0 em outro jogo-treino.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade