Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Salvador do Galo, Victor é humilde e divide méritos com equipe

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG não conseguiu fazer uma atuação brilhante em Bogotá, mas vai voltar da Colômbia com a classificação para a sequência da Libertadores. O herói do Galo mais uma vez foi o goleiro Victor, que fez defesas complicadas, garantindo o empate em 1 a 1, ponto que os atleticanos precisavam para confirmar a vaga antecipada.

“Fico feliz de ter participado bem, mas temos que dividir os méritos com todo mundo, porque não é fácil jogar aqui na altitude de Bogotá diante uma equipe qualificada que é o Santa Fé. Nosso primeiro objetivo era conseguir a classificação, agora é buscar a vitória em casa para terminar em uma colocação boa para poder decidir em casa nas partidas de mata a mata”, disse Victor.

O craque Ronaldinho Gaúcho foi discreto dentro de campo, mas após o apito final, o jogador foi procurado por torcedores e jornalistas colombianos querendo declarações e fotos com o atleta alvinegro. “Desde que cheguei aqui o carinho é fora do normal. Ver toda a torcida rival com um monte de cartaz, foto, emociona, e não esperava receber tanto carinho assim”, afirmou.

Sobre o jogo, R10 disse que o objetivo do Atlético-MG era garantir a classificação. O jogador admitiu que o time encontrou dificuldades, mas destacou a vaga obtida. “Noite de alegria. Classificação, o objetivo era esse. A equipe sabendo jogar fora de casa, porque é muito difícil jogar aqui, para tocar a bola acaba errando muitos passes, então é uma conquista da classificação muito importante”, frisou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade