Futebol Internacional/Bastidores - ( - Atualizado )

Sanção da Fifa que proibia Barça de contratar atletas é suspensa

Barcelona (Espanha)

O Barcelona conseguiu a primeira vitória no recurso contra a recente punição da Fifa, que proibia novas contratações do clube durante as duas próximas janelas de transferências. A entidade aceitou o pedido de efeito suspensivo para a ação.

Até o julgamento, o time catalão está liberado para contratar novos atletas. O argumento de Larry Mussenden, presidente do Comitê Disciplinar da Fifa, é de que o clube não pode ser punido antecipadamente antes que uma decisão final seja tomada pelo Tribunal Arbitral do Esporte, já que o Barcelona entrou com uma apelação.

Além disso, o Comitê de Recursos da Fifa, segundo Mussenden, “não aparenta estar em condições de analisar completamente o caso antes que se abra a próxima janela de transferências”.

Assim, o clube estará livre para contratar na próxima janela europeia de verão, que abre em julho. Apalavrado com o Barça, o goleiro alemão Marc-André Ter Stegen, do Borussia Monchengladbach, deve concretizar sua transferência, que estava ameaçada pela sanção da Fifa.

Divulgação
Agora, Barcelona poderá iniciar renovação do elenco em julho (Foto: Miguel Ruiz/FCB)

O jogador irá repor um dos setores mais carentes da equipe, já que Victor Valdés deixará o time na próxima temporada, e o reserva Pinto não tem a total confiança da diretoria e da comissão técnica. O Barcelona também pretende por em prática um processo de renovação do elenco, após a decepcionante campanha deste ano.

Entenda o caso - No início do mês, o Comitê Disciplinar da Fifa decidiu punir o Barcelona com a proibição de registrar novos jogadores nas duas próximas janelas de transferências. De acordo com a entidade, a decisão foi tomada após denúncia de que o clube teria contratado ao menos 10 atletas menores de idade de forma irregular nos últimos anos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade