Futebol/Bastidores - ( )

Santa Cruz divulga nota oficial de repúdio após invasão de vestiário

Recife (PE)

Um grupo de torcedores do Santa Cruz invadiu o vestiário dos jogadores antes do treinamento na última quinta-feira para cobrar melhores resultados ao elenco. De acordo com o relato de jornalistas presentes o local, membros de uma torcida organizada da equipe Coral também arremessaram foguetes no estacionamento do estádio do Arruda.

O clube, por meio da assessoria de imprensa, divulgou uma nota nesta segunda-feira repudiando o acontecimento.

Confira a íntegra da nota oficial:

Em função dos acontecimentos da última quinta-feira – ocasião em que um grupo de vândalos adentrou as dependências do Santa Cruz Futebol Clube imbuído do propósito de provocar arruaças, danificar o patrimônio e intimidar e coagir os atletas profissionais, a comissão técnica, a equipe médica, e ainda os jornalistas e repórteres que realizavam a cobertura do clube – os diretores do Centenário do Clube das Multidões, juntamente com os seus ex-presidentes, conselheiros e membros do seu corpo associativo, vêm a público externar o seu mais veemente repúdio contra todos aqueles que participaram, de forma direta ou indireta, das ações açodadas e violentas típicas de agrupamentos marginais que agem em bandos.

Não foi por menos, portanto, que, no dia de ontem, a diretoria do Santa Cruz Futebol Clube, formalizou queixa crime, junto à Delegacia de Polícia de Água Fria, contra os marginais que ousaram perpetrar o ato de invasão ao clube. Haja vista que o entendimento da direção do Santa Cruz sempre foi o de que o lugar de marginais é na cadeia – e não nas dependências de agremiações esportivas. O Santa Cruz Futebol Clube vem também colaborando com a devida identificação de todos os perpetradores dos atos violentos e constrangedores ocorridos nas dependências do clube. Desse modo, espera que os marginais em questão sejam levados a prestar contas dos seus atos criminosos em face ao judiciário e que assim sejam devidamente colocados atrás das grades.

Por sua vez, os signatários abaixo também vêm a público expressar o seu mais profundo reconhecimento ao extraordinário trabalho que vem sendo desenvolvido, dentro e fora das quatro linhas, pelo presidente executivo do clube, Antonio Luiz Neto, desde que assumiu a presidência do Santa Cruz, em 2011. De lá para cá, as finanças do clube estão sendo ajustadas e saneadas, na forma de vários acordos judiciais estabelecidos. Especialmente, com a Justiça do Trabalho (já firmado) e com a Justiça Federal (prestes a firmar). Sem falar no que representará financeiramente para o clube a construção do Shopping e a requalificação do estádio José do Rego Maciel, a ser efetuada pelos parceiros econômicos interessados na questão.

Destarte, O Santa Cruz não apenas tem ajustado contas com o seu passado financeiramente nebuloso, mas também vem projetando a construção do seu futuro em bases sólidas. Para tanto, fez-se necessário a retomada do seu passado de glórias dentro dos gramados: O que a atual administração do clube, de maneira inconteste, também vem realizando. De clube desacreditado no futebol pernambucano e nacional; em apenas três anos de administração, o Santa Cruz sagrou-se tricampeão estadual e vice-campeão e campeão brasileiro, respectivamente. Tendo assim celebrado o seu centenário, no último dia 3 de fevereiro, por cima da carne sêca ou na condição de patrão do futebol pernambucano.

Nada disso teria sido possível sem o extraordinário apoio da sua gigantesca torcida e da dedicação extremada ao clube por parte daqueles que constituem o seu corpo diretivo e de colaboradores os mais diversos. Atitudes açodadas e violentas, na forma de críticas malevólas ou de comportamentos espúrios, não apenas distorcem a verdade dos fatos, em termos do sentido de responsabilidade e da seriedade administrativa com que o clube vem sendo conduzido, como poderão prejudicar o andamento das diretrizes traçadas que somente têm levado o Santa Cruz a um crescimento contínuo e sustentável.

Por conseguinte, consideramos toda e qualquer orquestração de vozes que busque acirrar os ânimos políticos e assim vir a criar falsas crises no clube, como era comum acontecer em tempos idos, um completo desserviço prestado ao Santa Cruz: pois além de agredir diretamente o bom senso é uma afronta direta a todas as conquistas realizadas até o presente. Por esta razão, é preciso continuarmos atentos e fortes na nossa luta diária voltada para a construção de um Santa Cruz cada vez mais vitorioso e campeão, dentro e fora dos gramados.

Atenciosamente,

Todos os ex-Presidentes, todos os Sócios Beneméritos, todo Grupo Empresarial e Conselheiros.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade