Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Sem Kardec, Verdão treina com três volantes e só Leandro no ataque

William Correia São Paulo (SP)

No primeiro trabalho tático da semana, Gilson Kleina armou um Palmeiras marcador para enfrentar o Fluminense, no sábado. Sem Alan Kardec, que treinou fisicamente e não participou do coletivo alegando gastrite após conversa com o gerente de futebol Omar Feitosa, o time teve três volantes e só Leandro no ataque.

Durante toda a atividade, que durou cerca de uma hora, a escalação não foi alterada. A formação teve: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Tiago Alves e Juninho; Marcelo Oliveira, Josimar, Wesley, Marquinhos Gabriel e Valdivia; Leandro.

Sacado do treino de quarta-feira por ter voltado a sentir dores no tornozelo direito, Fernando Prass se tratou e não demonstrou nenhuma dificuldade para atuar normalmente no coletivo. Como previsto, não deve ser problema para a partida no Pacaembu.

Na formação, Leandro se isolava entre os zagueiros, mas Valdivia tinha total liberdade para encostar nele ou até trocar de posição. Wesley também subia com frequência, embora ajudasse na saída de bola. Josimar estava aberto pela direita, acionando Marquinhos Gabriel ou Wendel, e Juninho era figura constante pela esquerda.

A opção por três volantes é uma consequência da lesão de Bruno César na coxa direita que deve tirar o meia dos jogos por, no mínimo, um mês. Os zagueiros Victorino e Thiago Martins, ambos em busca de condicionamento físico, completam a lista de desfalques.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Após ser poupado do treino de quarta para tratar dores do tornozelo direito, Fernando Prass trabalhou normalmente
Em relação aos titulares na vitória sobre o Criciúma, caso seja confirmada a escalação titular do coletivo desta quinta, as novidades seriam Leandro, que saiu do banco para fazer gol em Santa Catarina, e Wesley, que ficou fora do time sob alegação de ser poupado. Sairiam Bruno César e Alan Kardec, que discute a renovação de seu contrato.

No treino, os reservas foram escalados de forma similar aos titulares. Fábio e Bruno revezeram-se no gol e, na linha, o 4-5-1 teve Bruninho, Gabriel Dias, Wellington e William Matheus; Eguren, Renato, Mendieta, Serginho e Mazinho; Rodolfo. Os jogadores que ficaram fora do coletivo realizaram treino técnico em campo reduzido.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade