Futebol/Liga Europa - ( )

Sevilla bate Valencia e sai com vantagem na semifinal

Sevilla (Espanha)

O Sevilla bateu o Valencia em casa por 2 a 0 na primeira partida da semifinal da Liga Europa e deu um grande passo para conquistar a vaga na decisão . Os gols da equipe vermelha e branca foram marcados por Mbia e Bacca, ainda na primeira etapa da partida.

O duelo dos conterrâneos espanhóis foi marcado por uma grande superioridade do Sevilla, que busca o terceiro título da Liga Europa. Mesmo com a posse de bola menor, os mandantes dominaram as intenções ofensivas em quase toda a partida.

Apesar da derrota, o Valencia ainda tem motivos para acreditar em uma classificação para a final. Nas quartas de final, os ‘morcegos’ foram derrotados por 3 a 0 para o Basel na partida de ida, mas devolveram o placar com uma sonora goleada por 5 a 0 no segundo jogo, garantindo a vaga na semi.

A partida que decide a vaga na decisão da Liga Europa acontece na quinta-feira da próxima semana, às 16h10, no Estádio Mestalla, em Valência.

O JOGO

A partida começou intensa no Estádio Ramón Sanchez Pizjuán, em Sevilha, na região sul da Espanha, mas com poucas chances claras de gol. A primeira oportunidade de balançar a rede foi do Valencia, apenas aos 17 minutos, quando Bernat arriscou de fora, mas sem perigo.

O Sevilla abriu o placar aos 32 minutos da primeira etapa. Após falta cobrada na área, o ataque desviou levemente e a bola caiu nos pés de Mbia, que ainda girou e, de calcanhar, tocou para o gol. No lance, entretanto, o meia estava impedido, mas a infração não foi marcada.

Logo na sequência, aos 34, a equipe da casa aumentou. Ractic tabelou com Bacca, que fintou um zagueiro adversário e tocou na saída do goleiro para colocar o Sevilla em grande vantagem na partida.

Mesmo após o início da segunda etapa, o Sevilla continuava com facilidade em penetrar na zaga do Valencia. Aos 10 minutos, Reyes partiu pelo lado direito para o centro e, entre três zagueiros adversários, tocou para Bacca. O atacante recebeu livre, na entrada da área e bateu, mas o goleiro Guaita salvou.

O Valencia voltou ao ataque aos 20 minutos. Após erro de passe de Navarro dentro da área, a bola sobrou para o chileno Eduardo Vargas, ex-Grêmio, que bateu colocado e viu a bola sair passando de raspão na trave esquerda de Beto.

No fim da partida, o Valencia tentou diminuir o placar, mas ao travessão impediu o primeiro gol dos visitantes na partida.

AFP
Valência teve mais posse de bola, mas não conseguiu transformar em gols e saiu derrotado

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade