Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Sheik elogia dupla com paraguaio Zeballos e mira o G-4 da Série A

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O atacante Emerson Sheik estreou no fim de semana pelo Botafogo no empate com o Internacional. O jogador teve atuação destacada, com um gol e uma assistência para Zeballos. O dianteiro alvinegro destacou a dupla de ataque com o paraguaio e revelou que ambos conversaram muito durante os treinos da semana para melhorar o entrosamento dentro de campo.

“Durante a semana conversamos bastante durante os treinamentos para nos posicionarmos melhor e não sobrecarregar o meio-campo e consequentemente a defesa. Foi legal, marcamos gols, mas o time não é feito somente de atacante. É importante que todos estejam bem para entrar e dar conta do recado quando for preciso”, disse o dianteiro.

Emerson ressaltou o trabalho feito pelo técnico Vagner Mancini e lembrou que o treinador foi fundamental para a reação da equipe no fim de semana, ao fazer o clube de General Severiano atuar como nos treinos.

“A chegada do Mancini trouxe uma energia diferente para o grupo. Ele teve tempo para trabalhar a equipe durante a semana, o que não aconteceu diante do São Paulo. Já contra o Internacional, ele aplicou um trabalho forte. O primeiro tempo foi ruim e no intervalo ele chamou a atenção para os detalhes que faltavam. O segundo tempo foi exatamente o espelho do que trabalhamos durante a semana”, declarou.

O atacante ainda afirmou que o elenco alvinegro está focado na reação no Campeonato Brasileiro até a paralisação da competição por conta da Copa do Mundo. A meta do Botafogo é terminar este período no G-4 da Série A.

“É um assunto que abordado a todo momento, pois é importante lembrar que o Botafogo é grande e os atletas que não entenderem isso não merecem estar aqui. Este é um pensamento de todos: aproveitar esses jogos agora para pontuar e ir para a parada figurando entre os quatro primeiros”, finalizou.

Divulgação/Botafogo F. R.
O bom entrosamento entre Sheik e Zeballos é a aposta ofensiva de Mancini na Série A (Foto: Vitor Silva / SSPress)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade