Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Treinamento indica Grêmio com dois volantes diante do San Lorenzo

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O que se previa a partir da entrevista coletiva do técnico Enderson Moreira após a vitória sobre o Atlético-MG acabou se confirmando. Nesta segunda, no Olímpico, o treinador gremista montou sua equipe com dois volantes e três meias para a partida diante do San Lorenzo. Como perdeu por 1 a 0 em Buenos Aires, o Tricolor precisa vencer por dois gols de diferença para seguir adiante na Libertadores.

Ramiro, titular contra o Galo, deve ser o centromédio que irá sobrar. Nesta segunda, Zé Roberto atuou em sua função, fazendo uma movimentação híbrida entre volante e meia, pelo lado esquerdo. Everton atuou como meia-atacante pela direita, função que deverá ser ocupada por Luan na quarta-feira – o garoto de 21 anos não participou do coletivo por ter jogado pelo Brasileirão neste domingo.

Lucas Uebel/GFBPA
Edinho será um dos volantes do time titular do Grêmio para o confronto decisivo desta quarta-feira
Outra novidade do trabalho foi o retorno de Wendell à lateral esquerda. Recuperado de lesão, ele assume o posto de titular novamente. Na zaga, sem o lesionado Rhodolfo, Werley e Geromel começarão a partida diante dos argentinos.

O time do treino desta segunda teve Marcelo Grohe; Pará, Werley, Geromel e Wendell; Edinho, Riveros e Zé Roberto; Everton, Barcos e Dudu. Este deve ser o time para quarta-feira, com a entrada de Luan no lugar de Everton. Além de Rhodolfo, outro jogador que não terá condição de jogo é Alán Ruiz, destaque da vitória sobre o Atlético-MG, por pertencer ao San Lorenzo.

Breno: de boa atuação contra o Galo, o jovem lateral esquerdo de 19 anos renovou vínculo com o Grêmio. Seu novo contrato vai até março de 2017. Breno é tratado como o sucessor de Wendell, que deixará a Arena após a Libertadores, já vendido para o Bayer Leverkusen.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade