Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( )

Uvini elogia Rafa Benítez e expõe "amizade de irmão" com ex-santista

Santos (SP)

A passagem pelo futebol italiano, onde defendeu Napoli e Siena (por empréstimo), fez o jovem zagueiro Bruno Uvini, de 22 anos, amadurecer e ter contato com grandes profissionais do futebol internacional. A convivência com o técnico Rafa Benítez, vice-campeão do Mundial Interclubes com Liverpool (2005) e Chelsea (2012), foi exaltada pelo defensor.

“Rafa Benítez é um grande treinador, com uma mentalidade excelente. A bagagem internacional que ele adquiriu nos ajudou muito. Eu tive uma grande experiência, mas lá não consegui desenvolver meu trabalho com tranquilidade. Era um ambiente de muita pressão. Um dos treinadores me disse que não tinha como fazer um jovem crescer no Napoli”, sintetizou o defensor.

Recordando o período em que esteve no Napoli, Uvini expôs a amizade com o goleiro Rafael Cabral, que deixou o Santos para defender o clube italiano: “Criamos uma amizade de irmãos. Fiquei um ano sendo o único brasileiro na equipe e depois ele chegou. É um cara muito importante para mim e fico feliz por ter o ajudado também, durante o período de adaptação”, discorreu.

Por fim, o zagueiro exaltou seus companheiros de zaga e não se mostrou incomodado em figurar no banco de suplentes: “Vai ser uma disputa muito acirrada, com atletas de qualidade. Quem integra esse elenco tem muito mérito. Voltei para o Brasil com a intenção de ter sequência de jogo, mas tudo tem o tempo certo para ocorrer. Primeiramente, preciso me adaptar ao estilo de trabalho do Oswaldo de Oliveira. Depois, pensarei na titularidade. Porém, no momento em que me solicitarem, estarei pronto para ajudar”, completou.

Ricardo Saibun/Santos FC
Vai ser uma disputa muito acirrada, com atletas de qualidade", projetou o motivado Bruno Uvini

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade