Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Vasco prega paciência para decisão do Carioca contra o Flamengo

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

No primeiro jogo da final do Campeonato Carioca o Vasco procurou impor um ritmo muito forte, mesmo depois de ter feito 1 a 0 diante do Flamengo. Entretanto, o Cruz-Maltino cansou e acabou perdendo o atacante Everton Costa, expulso. Com a inferioridade númerica, os vascaínos viram o Rubro-Negro crescer, empatar e por muito pouco não sair com a vitória. Assim, o técnico Adilson Batista tem conversado com os atletas sobre a importância de manter a paciência e atuar com mais inteligência no segundo e decisivo duelo, neste domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã.

"Nós precisamos manter a posse de bola, pois assim vamos estar sempre em condições de atacar, mas correndo menos risco. É preciso paciência, equilíbrio, trocar a bola com tranquilidade, encontrando o momento certo para entrar, que só chegará se tivermos velocidade e movimentação na frente", disse Adilson.

Os jogadores vascaínos concordam. "Temos noventa minutos para tentarmos construir essa vitória e é fundamental termos paciência para não sermos surpreendidos. O Flamengo tem um time perigoso, que sabe usar bem os erros do adversário. Portanto, precisamos trabalhar bem a bola e encontrar o momento certo de buscar o gol", analisou o volante Pedro Ken.

AFP
Adílson Batista pediu paciência aos jogadores na decisão do Campeonato Carioca contra o Flamengo

A escalação para o clássico de domingo é um mistério no Vasco. Adilson Batista comandou uma atividade tática na manhã desta quarta-feira, em São Januário, mas não deu pistas de seus planos. A tarefa de identificar os possíveis titulares na final se tornou ainda mais complicada porque o volante argentino Pablo Guiñazu, que se recupera de uma pancada no tornozelo esquerdo, e o atacante Edmilson, ainda com dores na coxa esquerda, não trabalharam. Ambos ficaram fazendo reforço muscular, mas não preocupam para domingo.

Ainda no treino desta quarta-feira, o goleiro Martin Silva treinou em separado do grupo, mas apenas para reforçar alguns fundamentos. A principal dúvida realmente está no substituto de Everton Costa. O treinador pode optar por uma formação mais cautelosa, escalando o volante Fellipe Bastos, ou fazer uma simples troca. Neste segundo caso, Bernardo e Thalles são os mais cotados para iniciarem o jogo. Nesta quinta-feira Adilson Batista vai promover mais um treino na parte da manhã e pode começar a deixar mais claro o que pretende para o clássico decisivo do Estadual.

Eleição - Fora de campo a eleição vascaína, prevista para o meio do ano, ganhou mais uma chapa, a "É Vasco", composta, em conjunto, pelos movimentos políticos "Cruzada Vascaína" e "Pró-Vasco". O nome que vai liderar essa chapa ainda não foi divulgado, mas o mais provável é que seja o empresário Jorge Salgado. Além desta chapa, o Vasco já conta com quatro candidatos, sendo o favorito o ex-presidente Eurico Miranda, principal nome de oposição. Além dele, participarão do pleito Nelson Rocha, Roberto Monteiro e Tadeu Correia. O atual presidente, Roberto Dinamite, anunciou no mês passado que não vai tentar um novo mandato por conta de algumas questões pessoais.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade