Futebol/ Bastidores - ( - Atualizado )

Vasco tem pedido de anulação da final do Carioca rejeitado

Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco teve seu pedido de anulação da final do Campeonato Carioca de 2014 rejeitado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ). O Cruz-maltino alega que o árbitro agiu de má fé ao dar o gol a Nixon, e não ao impedido Márcio Araújo. A cúpula vascaína promete recorrer da decisão.

No entanto, a justiça desportiva não vê com os mesmos olhos o erro do trio de arbitragem. Para o presidente do TJD-RJ, José Teixeira, foi uma questão de interpretação do juiz e não um ato proposital. O mandatário ainda cita a impossibilidade de alteração do resultado. “O tribunal recusou porque não cabe esse pleito. A visão do árbitro é soberana. Foi interpretação. Não tem nada que comprove a má fé. Não se pode mudar o resultado disso. Eu rejeitei preliminarmente e não terá julgamento. Não há embasamento legal”.

No dia 17 de abril, o Vasco da Gama publicou uma nota de repúdio à Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) e à Comissão de Arbitragem do Rio de Janeiro, via site oficial, reclamando dos enormes prejuízos que teriam com a perda do título. Segundo o clube, cerca de R$ 20 milhões deixaram de entrar nos cofres. Quantia essa, que está sendo cobrada da Ferj, no momento.

Divulgação/Flamengo
Vascaínos agora reclamam que súmula anotou gol de Nixon, e não do impedido Márcio Araújo

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade