Futebol/Brasileiro Série B - ( )

Vasco tenta levantar a cabeça e focar na Copa do Brasil e na Série B

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Como um trauma, uma ferida aberta que vai demorar muito tempo para cicatrizar. Assim pode ser definido o drama do Vasco, que perdeu o título carioca para o Flamengo na tarde do último domingo. O gol ilegal sofrido nos acréscimos tirou a chance de se quebrar um jejum de mais de dez anos sem a conquista do Estadual e de 25 anos sem sentir o gostinho de superar o rival em uma decisão. Apesar do contexto, o técnico Adilson Batista e os jogadores sabem que precisam reagir rapidamente. Afinal de contas, um abalo emocional pode ter consequências desastrosas em uma semana decisiva para o clube.

Isso porque às 22 horário (de Brasília) desta quarta-feira o Cruz-Maltino recebe o Resende, em São Januário, pela partida de volta da primeira fase da Copa do Brasil. Como na ida houve empate sem gols, o Cruz-Maltino necessita de um triunfo. Além disso, no próximo sábado, às 16h20, também em São Januário, tem a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro, contra o América-MG.

"Vamos trabalhar ao longo desses dias mostrando ao grupo que ainda tem muita coisa para acontecer nesta temporada", afirmou Adilson Batista. "Temos uma Série B para disputar e não podemos pensar na possibilidade de não fazer o Vasco retornar de onde ele nunca deveria ter saído. Além disso, tem uma Copa do Brasil que é muito importante e a nossa única chance de disputar a próxima Libertadores. O Vasco, portanto, não pode se abater por conta do aconteceu no Maracanã. Agora é pensar no que está por vir".

Marcelo Sadio/vasco.com.br
Treinador alvinegro quer deixar a derrota nas finais estaduais de lado para focar nos torneios nacioanais
O meia Douglas pensa parecido com o comandante, cobrando que o time precisa fazer grandes campanhas nas duas temporadas que estão por vir. "Temos um Campeonato Brasileiro tão disputado como o da Primeira Divisão, que exige muita raça e determinação, além de técnica. Além disso, já tem um jogo complicado nesta quarta-feira contra o Resende, onde mais uma vez a conquista de uma vitória é fundamental", analisa o meia.

O elenco do Vasco voltou a trabalhar nesta segunda-feira, mas o dia foi de atividades apenas para aqueles que não participaram do jogo contra o Flamengo. Nesta terça-feira, com todos os jogadores à disposição, Adilson deverá definir a equipe que vai enfrentar o Resende. A base deverá ser a mesma que duelou contra o Rubro-Negro no domingo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade