Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Vice por gol impedido, Adilson reclama de mais um erro contra Vasco

Rio de Janeiro (RJ)

Mais uma vez, Adilson Batista termina um clássico contra o Flamengo reclamando da arbitragem. Neste domingo, o Vasco foi vice-campeão carioca graças a um gol impedido de Márcio Araújo, que sentenciou o empate por 1 a 1 na decisão nos acréscimos. Para desespero do técnico.

“Fizemos por merecer o titulo, tivemos bons jogos, fomos superiores nos clássicos. Lamentamos mais um erro de arbitragem”, questionou o treinador, lembrando que, na primeira fase, o Rubro-negro também o derrotou com ajuda da arbitragem. “Eles já foram beneficiados lá atrás.”

No primeiro turno, o auxiliar Rodrigo Castanheira cometeu falha grotesca ao estar na linha de fundo e não enxergar que uma cobrança de falta de Douglas entrou no gol para abrir o placar. No fim, aquele clássico terminou com vitória flamenguista por 2 a 1.

“Na bola do Douglas na primeira fase, estávamos um ponto atrás do Flamengo. Depois terminaram seis, sete, oito pontos na nossa frente, mas ali era a nossa liderança. Sabemos como isso funciona, fomos prejudicados lá”, lembrou Adilson, reforçando o prejuízo ao seu trabalho pela falha da arbitragem neste domingo.

“A formação estava tranquila, bem organizada, mais incisiva e veloz contra um adversário fechado. Crescemos no segundo tempo, fizemos o gol. Mas, no fim, foi mais um erro contra o Vasco”, repetiu o treinador.

Uma sensação frustrante após a festa que já dominava até os reservas depois de Douglas converter pênalti aos 30 minutos do segundo tempo. “Ficamos chateados porque era um título importante para nós, tínhamos o desejo de presentear atletas, direção, torcedor, quem está no dia a dia conosco”, lamentou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade