Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Zagueiro do Santos lamenta pênalti perdido: “Tentei bater no meio”

Vítor Dalseno, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

O pênalti perdido por Neto, o oitavo do Santos nas cobranças de penalidades que definiram o Campeonato Paulista, decretou a vitória do Ituano e o vice-campeonato do Peixe. Em entrevista concedida logo após a partida, o zagueiro tentou justificar o erro.

“Tentei bater no meio, porque ele (goleiro Vágner, do Ituano) tava pulando muito nos cantos. Infelizmente, bati um pouco para o lado. A gente teve muitas situações, mas eles levaram para os pênaltis e ganharam”, disse Neto.

Autor do gol santista no tempo normal, o meio-campista Cícero lamentou o desempenho do Santos ao longo dos 180 minutos.

“O pênalti é loteria. Nas duas finais, faltou a gente jogar um pouco mais. O Ituano foi mais feliz”, afirmou o capitão santista.

Após ter sido derrotado por 1 a 0 no primeiro jogo, o Santos devolveu o placar na segunda partida e levou a decisão do título para os pênaltis. Além de Neto, Rildo errou uma das penalidades, que terminaram 7 a 6 para o Ituano.

Ricardo Saibun/Santos FC
Jogadores do Santos consolam o zagueiro Neto após o pênalti perdido, que decretou o título do Ituano

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade