Atletismo/Mundial de Revezamentos - ( - Atualizado )

Brasil terá dois juvenis no Mundial de Revezamentos

Nassau (Bahamas)

A Seleção Brasileira de Atletismo tem duas revelações para disputar a primeira edição do Campeonato Mundial de Revezamentos, que será realizado neste final de semana (24 e 25 de maio), em Nassau, nas Bahamas.

Ainda juvenis, Vitor Hugo dos Santos e Tamiris de Liz são apontados como promessas da modalidade e foram chamados para integrarem o elenco que disputará o torneio.

Em seu primeiro ano como juvenil, Vitor ressalta a felicidade de poder conviver com grandes nomes do esporte e a importância disso para seu aprendizado.

"Estou muito feliz por conviver com atletas consagrados no mundo todo. É uma experiência muito importante para o meu futuro", afirmou o velocista, medalhista de prata nos 200 m do Campeonato Mundial de Menores.

Também recordista sul-americano de menores nos 100 e nos 200 m, Vitor tem como principal foco da temporada o Mundial de Juvenis, que será realizado em Julho, nos Estados Unidos. "O objetivo é treinar muito e competir bem para ficar entre os melhores", completou.

Wagner Carmo/Inovafoto/COB
Vitor Hugo é recordista sul-americano de menores nos 100 e 200 m

Já Tamiris de Liz está em sua última temporada como juvenil, mas já tem a experiência de ter participado como reserva da equipe que foi aos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Para o futuro, a meta é estar no Rio de Janeiro em 2016, desta vez entre as titulares.

"Estou numa fase de querer mais. Quero correr e espero estar entre as titulares nos Jogos Olímpicos do Rio em 2016", afirmou a catarinense. "Tenho uma oportunidade incrível para crescer no esporte. Na Universidade de Miami contamos com excelente infraestrutura", completou, ressaltando o apoio que recebe nos treinos nos Estados Unidos.

Brasil começa bem classificado e com boas expectativas – Com base nos tempos alcançados neste ano, o Brasil apresentou boas colocações no ranking de 2014. Entre os homens, o País é o 5º no 4x100 m e o 3º no 4x400 m. Já na categoria feminina, a Seleção Brasileira está em 6º lugar  no 4x100 m e em 7º no 4x400 m.

Para a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), a meta é ficar entre os oito finalistas em todas as categorias.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade