Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( )

Adílson reconhece atuação regular e pede reação rápida do Vasco

Gazeta Press Bragança Paulista (SP)

O técnico Adilson Batista demonstrou claramente sua insastifação com mais uma exibição irregular da equipe do Vasco. Ele explicou que o time teve mais posse de bola do que o Bragantino, mas que isso nem significou superioridade, porque não resultou na criação de situações de gol.

Na entrevista depois da partida, em Bragança Paulista, o treinador cruz-maltino lamentou as falhas no último passe e falta de tranquilidade para manter a vantagem, depois que Montoya marcou o primeiro gol. "Não jogamos bem e não merecíamos vencer".

Para o treinador, a situação só não é mais preocupante porque o Vasco tem um jogo a menos e se conseguir derrotar o Náutico,na partida que foi adiada, pode se aproximar do G-4. Atualmente, o clube de São Januário ocupa a décima posição no Campeonato Brasileiro da série B.

Qual o tamanho do desafio?

Adilson disse que não pretendia arrumar desculpas para mais um jogo sem vitórias, mas que é preciso reconhecer que o Vasco está enfrentando muitos problemas de lesões, além de perder jogadores para seleções, como foi o caso do goleiro Martin Silva e do atacante Thales.

"Sei que nem todos compreendem nossa situação. Mas o momento é de ter calma. Tem gente chegando agora que precisa de tempo para se ajustar ao grupo", disse o treinador.

O volante Fabrício disse que o sentimento do grupo é muito ruim,a cada final de jogo, por causa da falta de vitórias. Ele disse que a cada rodada, o Vasco se afasta dos primeiros lugares e precisa reverter imediatamente a atual situação. "Não dá para esperar mais. Temos que começar a vencer agora".

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade