Futebol Internacional/Campeonato Francês - ( - Atualizado )

Agora técnico, Makelele chega ao Bastia: ‘Desafio empolgante’

Bastia (França)

Depois de três anos trabalhando como auxiliar técnico no Paris Saint-Germain, o ex-jogador Claude Makelele foi apresentado oficialmente nesta terça-feira como o novo treinador do Sporting Bastia, clube da primeira divisão do futebol francês.

“É um prazer ser a primeira escolha do Bastia. Minha resposta foi imediata. Sempre quis me lançar como técnico diretamente na Ligue 1. É um desafio empolgante. Vou tentar trazer tudo que posso de minha experiência, e, sobretudo, minha sede de futebol”, declarou Makelele durante sua apresentação.

Será o primeiro trabalho do ex-volante, aposentado em 2011, como técnico de futebol. O objetivo principal de Makelele será manter o time na primeira divisão. Na última temporada, o Bastia terminou na 13ª colocação, com 46 pontos – seis a mais que o Sochaux, melhor classificado na zona de rebaixamento.

“O clube tem uma história muito importante no Campeonato Francês. Há bases sólidas aqui e me atraiu de imediato. Além disso, o presidente me deu carta branca para montar o time que eu precisar. Mas para mim será importante manter o trabalho de meu antecessor, Frédéric Hantz, e dar continuidade com minhas características. Bastia é um time pequeno que conseguiu um padrão de jogo”, afirmou.

AFP
Makelele foi apresentado no Bastia, da França, onde irá iniciar a carreira de treinador

Makelele ainda citou seus antigos treinadores como referência para a criação de um estilo próprio que tentará acrescentar ao clube.

“Suaudeau (ex-técnico do Nantes) foi a base de todo o progresso na minha carreira. Mas não esqueço de Fernandez, Courbis, Del Bosque, Mourinho... Aprendi muito com eles. Depois, conheci Ancelotti (no PSG) e foi ele que me fez querer ser treinador”, lembrou.

Ao longo da carreira, Makelele defendeu Nantes, Olympique de Marselha, Celta de Vigo, Real Madrid, Chelsea e Paris Saint-Germain, onde se aposentou, em 2011. O ex-jogador também acumulou 71 jogos na seleção francesa, participando das Copas de 2002 e 2006 e das Eurocopas de 2004 e 2008.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade