Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Antes espectador, Gareca terá um ano “suficiente” para conhecer Verdão

Yan Resende, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

O tempo de contrato de Ricardo Gareca com o Palmeiras também foi questionado em sua apresentação oficial, nesta sexta-feira, na Academia de Futebol. O treinador argentino firmou vínculo com o Verdão até 30 de junho de 2015, mas garante que este tempo será o suficiente para mostrar serviço a Paulo Nobre e ao restante da diretoria.

Questionado se um ano de contrato era pouco para mostrar serviço, o Gareca foi convicto: “Para mim não. Este um ano eu considero tempo suficiente para poder mostrar meu trabalho. Depois disso, terei que falar com os dirigentes se querem continuar comigo, e se eu quero continuar. É tempo suficiente para nos conhecermos”.

Desde o início da negociação, o argentino se mostrou bastante animado com a possibilidade de treinar um clube no Brasil. Perto do acerto, destacou a grandeza do Palmeiras, agradecendo a oportunidade na carreira. Nesta sexta, na apresentação oficial, adotou o mesmo discurso.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Com contrato até junho de 2015, Ricardo Gareca terá um ano para mostrar serviço ao presidente Paulo Nobre
“É uma possibilidade que me dão muita boa. Dirigir um time no Brasil não é para qualquer um. E não é habitual para um estrangeiro. Agradeço a oportunidade que me dão. Espero corresponder à altura da exigência de um clube como o Palmeiras”, disse o argentino, que agora terá tempo para conhecer o clube do Palestra Itália não só como espectador.

“Eu conheço o Palmeiras de já ter acompanhado, mas não me lembro de ter enfrentado como jogador, eu conheço como expectador, pelas informações. Eu estou conhecendo ainda. Eu conheço a história forte do Palmeiras, de épocas muito importantes do Palmeiras, mas conheço da época do Felipão, quando foi campeão da Libertadores. Mais do que isso eu não conheço”, explicou Ricardo Gareca.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade