Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Apesar de empate com Sampaio Corrêa, Ceará garante liderança

São Luis (MA)

Neste sábado, Sampaio Corrêa e Ceará empataram em 2 a 2 no Castelão na nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Ceará lidera isolado e o Sampaio ocupa a nona colocação.

Na próxima rodada e também última antes do recesso para a Copa do Mundo, a equipe da maranhense enfrenta o América-RN na terça-feira, às 19h30 (de Brasília), no Castelão. Os cearenses, por sua vez, duelam com o Bragantino no estádio Nabi Abi Chedid, na mesma data e horário.

O jogo – O Ceará começou a partida levando perigo ao Sampaio. Com apenas três minutos, Vicente cruzou para a área e Magno Alves cabeceou, mas sem sucesso. Pouco tempo depois, o anfitrião respondeu com lance semelhante de David Batista, mas a bola passou à direita da meta.

Aos 11 minutos, Eduardo foi derrubado na entrada da área e o árbitro marcou o pênalti a favor do Ceará. Magno Alves chutou e abriu o placar para o Alvinegro. O Sampaio não demorou a reagir e assustou o adversário com finalização de Válber que atingiu o travessão. O Ceará não deixou por menos e Pimentinha driblou o marcador e chutou para o gol. Porém, Rodrigo Ramos defendeu.

Com o Sampaio crescendo em campo, o empate era iminente e ocorreu aos 29 minutos. Paulo Sérgio aproveitou escorregão do arqueiro Jailson e cabeceou para balançar as redes. Entretanto, os visitantes responderam rápido e, aos 36, Nikão chtou colocado e anotou de fora da área, colocando o Ceará a frente no placar novamente.

Os donos da casa não se deixaram abater e igualaram com Eloir. O volante subiu mais alto que a zaga rival e mandou para o fundo do gol.

Na segunda etapa, o jogo foi mais truncado e perdeu um pouco de sua qualidade técnica. O Sampaio pressionava e em chute de Paulo Ricardo, levou perigo ao gol adversário. O Ceará reagiu com Marcus Vinícius, que cobrou falta com força. Aos 48 minutos, o anfitrião teve a chance de sair com a vitória em finalização de Edgar, que foi defendida por Jailson.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade