Futebol/Campeonato Liga dos Campeões - ( - Atualizado )

Após 40 anos, Diego Simeone diz: “Esperamos muito por isso”

Madri (Espanha)

O Atlético de Madri esta de volta à final da Liga dos Campeões, após 40 anos, quando se classificou no torneio que ainda era chamado de Copa dos Campeões. Feliz e orgulhoso desse feito, o técnico rojiblanco Diego Simeone acredita que é possível vencer o Real Madrid e revela que se sentia responsável por seus torcedores e que, agora classificado, se sente mais aliviado.

A vaga na grande final, que será disputada no próximo dia 24 de maio, no Estádio da Luz, em Lisboa, foi conquistada com uma bela vitória, por 3 a 1, em Londres, diante do gigante Chelsea, no Stamford Bridge. Agora, o Atlético encarar o Real Madrid, que eliminou outro gigante, o Bayern de Munique.

“Nos conhecemos bem, jogamos muitas vezes e é um clube poderoso, acostumado a estar nessas situações, mas chegamos a essa final com a ilusão de haver esperado muitos anos”, disse, prevendo dificuldades no clássico de Madri.

Simeone também comemorou a possibilidade de dar alegria à torcida. “Muita gente gastou dinheiro para ver o jogo. Fico feliz por ele, por quem está atrás da equipe há muito tempo. Sempre nos custa muito tudo”, analisou.

Antes da final, porém, os Colchoneros terão que pensar no Campeonato Espanhol, já que no próximo domingo medem forças com o Levante, às 12 horas (de Brasília), no Ciutat de Valencia, e precisam da vitória para ficarem ainda mais próximos do título nacional.

AFP
O técnico argentino Diego Simeone quer dar ainda mais alegrias à torcida rojiblanca, vencendo o Real Madrid na grande final da Liga dos Campeões

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade