Futebol/FA Cup - ( - Atualizado )

Após prorrogação, Arsenal vence de virada Hull City e é campeão

Londres (Inglaterra)

O Arsenal sofreu neste sábado para conquistar o seu 11º título da FA Cup. Após começar perdendo por 2 a 0 no Estádio de Wembley, o time londrino correu atrás e virou o jogo sobre o Hull City para 3 a 2, sagrando-se campeão após a prorrogação. Os gols dos Gunners foram marcados por Santi Cazorla, Koscielny e Ramsey, enquanto que os Tigers descontaram com Chester e Davies.

Antes do Hull, o Arsenal eliminou Tottenham Hotspur, Coventry City, Liverpool, Everton e Wigan para chegar à decisão.

Apesar da derrota, o Hull City garantiu uma vaga na próxima Liga Europa, já que o Arsenal vai participar da Liga dos Campeões da temporada 2014/15. Os Tigers entrarão na terceira fase de qualificação da competição europeia.

Com a conquista da FA Cup neste sábado, o Arsenal chegou ao 11º título da competição, tendo ganhado anteriormente em 1930, 1936, 1950, 1971, 1979, 1993, 1998, 2002, 2003 e 2005. O clube londrino é o maior campeão do torneio junto ao Manchester United.

O jogo – A decisão em Wembley começou de maneira eletrizante. O Hull City precisou de três minutos para abrir o marcador. Quinn cobrou o escanteio fora da área, buscando Huddlestone, que chutou de primeira e acabou pegando mal. A bola sobrou para o zagueiro Chester completar para o fundo das redes do Arsenal.

Azarão na partida, o Hull ampliou a vantagem aos oito minutos. Quinn lançou da esquerda, Bruce cabeceou e Fabianski afastou, mas no rebote Davies chegou e conferiu mais um gol para os Tigers.

A equipe de Hull não parava. Aos 13, Huddlestone cruzou na área, Bruce testou forte e Gibbs salvou quase dentro do gol, salvando o Arsenal de levar o terceiro tento.

AFP
O Hull City começou com tudo, abrindo 2 a 0 logo no início do confronto (Foto: Glyn Kirk)

Mesmo não demonstrando bom futebol, a resposta dos Gunners chegou aos 16 minutos, com o espanhol Santi Cazorla. O jogador cobrou falta perto da área e acertou o ângulo esquerdo do goleiro McGregor, que chegou a encostar na bola, mas não evitou o gol dos londrinos.

No segundo tempo, o Arsenal foi em busca do prejuízo da primeira etapa e pressionou o Hull City. Aos 19, Cazorla bateu escanteio na área e Koscielny subiu livre, cabeceando à direita do gol defendido por McGregor.

O gol de empate do Arsenal saiu aos 25. Em cobrança de escanteio, Koscielny ganhou dos defensores do Hull e cabeceou forte para o fundo das redes de McGregor. No lance, o zagueiro francês não comemorou porque se machucou, mas conseguiu seguir na partida.

Faltando poucos minutos para o fim do segundo tempo, o Arsenal teve uma grande oportunidade desperdiçada. Gibbs recebeu livre na área, de frente para McGregor, e bateu por cima do gol, para desespero dos Gunners presentes em Wembley.

Aos 44 da segunda etapa, o Arsenal quase decidiu a partida. Sanogo recebeu bom passe de Giroud e rematou da entrada da área. A bola passou rente à trave da baliza do Hull City.

Após a igualdade no tempo normal, a partida entre Arsenal e Hull City se encaminhou à prorrogação. Os londrinos continuaram pressionando e quase viraram o jogo aos três minutos, quando Giroud recebeu cruzamento de Ramsey e mandou de cabeça no travessão de McGregor.

Buscando decidir a partida no segundo tempo da prorrogação, o técnico do Arsenal, Arsène Wenger, colocou Rosicky e Wilshere no lugar de Cazorla e Ozil respectivamente no início da parcial.

Pressionando o Hull, o Arsenal chegou ao gol aos três minutos. Giroud invadiu a área e acertou um passe de calcanhar espetacular para Ramsey, que bateu de primeira e fez o tento da virada e do título da FA Cup.

O Hull City ainda assustou no finalzinho. O zagueiro do Arsenal, Mertesacker, saiu mal e deixou a bola livre para Aluko. O nigeriano acabou ganhando na corrida do goleiro Fabianski e bateu sem ângulo da lateral esquerda, a bola passou à frente da linha e saiu pela linha de fundo.

AFP
O Arsenal reagiu e sagrou-se campeão da FA Cup de 2014 (Foto: Adrian Dennis)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade