Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Após sair mais cedo, Júlio César não desce para físico com bola

Tossiro Neto Teresópolis (RJ)

O goleiro Júlio César foi poupado da segunda sessão de treino da Seleção Brasileira, nesta sexta-feira. Na atividade pela manhã, o camisa 12 sentiu um incômodo, descalçou as chuteiras e saiu de campo aparentando dor, ao lado do preparador Carlos Pracidelli.

Seu caso é diferente de outros cinco jogadores que não desceram ao gramado (os laterais Marcelo e Maxwell, o zagueiro Thiago Silva e os meias Oscar e Fernandinho) e realizaram trabalho de força muscular sob orientação do preparador físico Francisco González.

Júlio César vinha treinando normalmente desde a manhã de terça-feira, em dois períodos, juntamente com Jefferson e Victor, os outros dois goleiros do elenco. Não ter participado do trabalho em campo não significa necessariamente que o goleiro tenha se lesionado, mas ele foi poupado do contato com bola para não agravar a dor que acusou mais cedo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Goleiro acusou dor no treinamento da manhã e deixou o campo mais cedo, depois de tirar as chuteiras
Com 17 jogadores à disposição, os preparadores Paulo Paixão e Anselmo Sbragia orientaram um trabalho com diferentes circuitos em campo, quase todos com posse de bola.

Para o amistoso da próxima terça-feira, contra o Panamá, em Goiânia, o técnico Luiz Felipe Scolari pretendia poupar ao menos quatro jogadores, mas começa a reconsiderar a possibilidade de levar todo o grupo, já que haverá um treinamento na véspera da partida, no Serra Dourada.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade