Futebol Internacional/Campeonato Espanhol - ( - Atualizado )

Benzema se lesiona, mas Real vence Espanyol em despedida do nacional

Madri (Espanha)

A vitória do Real Madrid em casa sobre o Espanyol por 3 a 1 com gols de Bale e Morata (2) na manhã deste sábado, pela última rodada do Campeonato Espanhol, ficou em segundo plano. Utilizando boa parte do time titular com objetivo de ganhar ritmo de jogo para a final da Liga dos Campeões no próximo sábado, em Lisboa, contra o Atlético de Madri, Carlo Ancelotti viu dois de seus principais jogadores, Cristiano Ronaldo e Karim Benzema, sentirem dores e virarem dúvidas para a decisão.

O craque português nem chegou a ficar no banco de reservas. Pouco tempo antes da partida, enquanto se aquecia para o confronto, Ronaldo sentiu um desconforto no mesmo local em que havia sofrido uma lesão muscular que o tirou dos últimos jogos e acabou sendo trocado por Isco no time titular.

Já Benzema, com um incômodo na virilha, foi forçado a pedir para sair, sendo trocado por Morata, que posteriormente marcaria dois gols, aos 12 minutos do segundo tempo.

O jogo - Mesmo com o provável time titular da final da Liga dos Campeões quase completo, à exceção de Ronaldo, Modric e Coentrão, o Real sofreu para passar pela forte marcação do time catalão. No primeiro tempo, em um jogo truncado, o time da casa criou poucas chances e não ameaçou alterar o marcador.

AFP
Bale marcou o primeiro gol da vitória do Real Madrid sobre o Espanyol neste sábado

A situação só mudou no segundo tempo, aos nove minutos. Benzema acertou um belo passe a Bale, que, aproveitando sua velocidade característica, deixou os marcadores para trás e finalizou com precisão para abrir o placar.

O Espanyol, no entanto, não desistiu e por pouco não empatou logo no lance seguinte. De frente para o gol, o veterano Simão Sabrosa acabou desperdiçando a oportunidade.Já aos 41, Morata recebeu de Di Maria para ampliar.

O time visitante, mais uma vez, mostrou raça e empatou quatro minutos mais tarde, com Pizzi, que entrou no segundo tempo. Um minuto depois, Morata, mais uma vez em passe de Di Maria, chutou para o gol vazio e decretou o triunfo merengue.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade