Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Bola na trave aos 48 convence Muricy de que time merecia vitória

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Uma bola cabeceada por Luis Fabiano na trave, aos 48 minutos do segundo tempo, foi a prova, para Muricy Ramalho, de que seu time buscou a vitória o tempo todo e foi superior ao Coritiba, neste sábado. Na opinião do treinador, o São Paulo jogou bem tanto na primeira quanto na segunda etapa da partida, que terminou empatada por 2 a 2.

"O time foi para cima do começo até o fim, quando demos uma bola na trave", avaliou. "Tivemos volume nos dois tempos, mas a infelicidade na bola parada outra vez. Mas, no geral, o time foi aguerrido e intenso até o final. A gente criou, teve mais posse de bola. O time jogou bem".

O placar do Pacaembu - o jogo não foi no Morumbi porque o estádio está alugado para a realização de dois shows - foi inaugurado por Alexandre Pato, aos 21 minutos do primeiro tempo. Robinho, antes do intervalo, e Chico, já na segunda etapa, colocaram o Coritiba em vantagem. Mas, aos 26 minutos, Ademilson assegurou o quinto ponto da equipe em três rodadas do Campeonato Brasileiro.

Apesar de ter somado apenas um ponto como mandante, Muricy considerou-o mais animador do que aquele conquistado no domingo passado, em Uberlândia, contra o Cruzeiro.

"O time não me decepcionou. Contra o Cruzeiro, sim, não jogou tudo aquilo que sabe. Aquele jogo, sim, me deixou insatisfeito. Mas o jogo de hoje (sábado) é que me deu esperança. Nosso volume de jogo foi muito bom. A oscilação é do campeonato. Esse campeonato não é fácil, é pedreira. Mas hoje sofremos um pouco só nos contra-ataques, o que é normal", disse.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Luis Fabiano quase deu a vitória ao São Paulo. "Foi um pecado ela (a bola) não ter entrado", disse, após o jogo
Quem se decepcionou foi Luis Fabiano. Depois de ver Pato e Ademilson balançarem a rede, o artilheiro são-paulino desceu para o vestiário frustrado por ter acertado a bola na trave. "Foi um pecado ela não ter entrado. Infelizmente, não tive sorte, né? Mas, paciência", falou o camisa 9.

O próximo compromisso no Brasileiro será domingo que vem, frente ao Corinthians, em Barueri. Mas o São Paulo vai a campo antes disso, na quarta-feira, quando decide contra o CRB, no Pacaembu, uma vaga na terceira fase da Copa do Brasil, depois de ter perdido o jogo de ida por 2 a 1, em Maceió.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade