Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Briga entre jogadores e seguranças marca final de Grêmio x Botafogo

Do correspondente Vicente Fonseca Caxias do Sul (RS)

O clima tenso entre os jogadores de Grêmio e Botafogo durante os 90 minutos da partida desta quarta-feira no Alfredo Jaconi aflorou com o apito final do árbitro Flávio Rodrigues de Souza. O zagueiro Werley reclamou ter sido agredido pelo defensor botafoguense André Bahia no fim da partida, o que deu início a uma grande confusão na saída do gramado.

“O André Bahia me deu um soco. Um jogo bem jogado e disputado não precisava disso, não”, afirmou Werley. Na saída do campo, foi o zagueiro do Botafogo que reclamou de ter sido agredido por seguranças do Grêmio. Emerson Sheik também entrou na confusão, que só foi contida com a intervenção da Brigada Militar e dos seguranças do próprio clube carioca.

A partida desta quarta colocou o Grêmio na vice-liderança do Brasileirão. O time gaúcho tem os mesmos 13 pontos do Cruzeiro, mas perde por um gol no saldo para o Cruzeiro. A vitória por 2 a 1 sobre o Fogão foi muito comemorada pela torcida e pelos jogadores do Tricolor Gaúcho.

“Foi muito importante. O nosso time jogou bem, pressionou no segundo tempo e mereceu a vitória. Que bom que conseguimos o segundo gol”, definiu o atacante Dudu. O próximo compromisso gremista no Campeonato Brasileiro será sábado, diante do São Paulo, no Morumbi.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade