Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Bruno Rangel projeta volta ao Brasil e admite contato da Chapecoense

Chapecó (SC)

Ainda sem vencer neste início de Campeonato Brasileiro, a Chapecoense pode contar com a chegada de um reforço que foi fundamental na conquista do acesso à primeira divisão na temporada passada. Com contrato até o dia 31 de maio com o Al-Arabi, do Catar, o centroavante Bruno Rangel admite a possibilidade de voltar e também já revelou que recebeu um contato da equipe catarinense.

“Tive contatos com um time de São Paulo, um do Paraná e um do Rio também. Mas isso tudo meu empresário quem cuida. Naquele momento jogar fora era um objetivo que buscamos. Concluído o projeto agora no final de maio, quero retornar ao Brasil. Já me procuraram também da própria Chapecoense, mas por enquanto não tenho nada definido. Estamos buscando o que for melhor para mim e minha família”, revelou o atacante.

Divulgação
Bruno Rangel admite a possibilidade de voltar ao time catarinense (Crédito: Aguante Comunicação/Chapecoense)
O camisa 99 do Al-Arabi não esconde um sonho que alimenta desde que iniciou sua carreira: disputar a primeira divisão do Campeonato Brasileira. Desta forma, sem ter o mesmo desempenho que o levou a uma posição de destaque no Brasil, Bruno Rangel quer deixar o Catar e vestir a camisa de um clube da elite.

Mesmo sem conseguir balançar as redes como na temporada, passada, o atacante tenta tirar uma lição positiva de sua passagem pelo Oriente Médio, na qual disputou a Liga do Catar e a Copa do Emir. Bruno Rangel alega que cresceu profissionalmente, aprendendo bastante neste desafio que encarou na carreira.

“Avalio como positiva minha vinda para cá. Era um momento em que deveria aproveitar esta oportunidade de sair do país. Cresci profissionalmente e no lado pessoal aprendi muito também. Fui recebido respeitosamente pelos sheiks e aprovei a estada. Agora quero poder retornar e jogar uma Série A, que sempre foi meu sonho. Não tenho nada concreto e estou aberto para ouvir convites”, concluiu o jogador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade