Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Campeão mundial em 70, Joel Camargo, o Açucareiro, morre aos 67 anos

Santos (SP)

Zagueiro reserva da Seleção Brasileira na conquista da Copa do Mundo de 1970, o ex-jogador Joel Camargo faleceu na manhã desta sexta-feira aos 67 anos, na Santa Casa de Misericórdia, em Santos. A causa da morte não foi divulgada. O velório acontece na Santa Casa de Santos, e o enterro está agendado para 16h (de Brasília), no Cemitério da Filosofia.

O Santos divulgou uma nota oficial lamentando a morte do jogador, que defendeu o clube entre 1963 e 1971, época mais vitoriosa da história do clube, se tornando ídolo. Ao longo da carreira, Joel também defendeu a Portuguesa Santista, o Paris Saint-Germain-FRA, o CRB e o extinto Saad, de São Caetano do Sul.

Joel Camargo era um dos homens de confiança de João Saldanha para a Copa de 1970. A demissão do técnico às vésperas do Mundial, entretanto, custou sua vaga no time titular, sendo preterido pela dupla Brito e Piazza, escolhida por Zagallo para a disputa.

Divulgação/Santos FC
Ex-Santos, zagueiro Joel Camargo morreu nesta sexta-feira, aos 67 anos, no litoral santista

Nascido em Santos, em 1946, o ex-atleta também era conhecido pelo apelido de “açucareiro”, por jogar com os braços abertos. Após se aposentar, Joel passou por uma crise financeira que o obrigou a trabalhar como estivador no porto santista. Pouco depois de disputar a Copa de 1970, sofreu um grave acidente de carro em sua cidade natal se chocando com um poste. O então atleta saiu ileso, mas uma mulher que estava no banco do passageiro não resistiu e faleceu.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade