Basquete/NBB - ( - Atualizado )

Campeões do NBB, Neto e Marcelinho comemoram tríplice coroa do Fla

Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo conquistou a sexta edição do Novo Basquete Brasil (NBB) na manhã deste sábado ao vencer o Paulistano no Rio de Janeiro. Campeões também do Campeonato Carioca e da Liga das Américas na temporada de 2014, o técnico José Neto e o experiente Marcelinho Machado comemoram a chamada tríplice coroa.

Veja galeria de fotos da decisão

“Tinha que ser assim. Jogamos contra uma equipe muito lutadora, que chegou por méritos. Acho que um título com a camisa do Flamengo deve ter essa cara. É raça, entrega. A técnica é importante, mas para colocar essa camisa precisa ter coração”, disse Marcelinho ao Sportv.

Aos 39 anos, o capitão foi o cestinha da final com 16 pontos e ergueu mais uma taça pelo time do coração. “É sempre uma satisfação muito grande. Ser campeão é muito bom, mas ser campeão pelo Flamengo é indescritível”, afirmou. Questionado se pretende seguir no clube, ele desconversou: “o Flamengo é sempre forte”.

Antes de conceder entrevista, o técnico José Neto estava com o pequeno filho nos braços. No momento em que falou sobre sua família ao microfone, o treinador do time rubro-negro, ainda dentro da quadra, ficou emocionado e precisou interromper seu raciocínio.

“É um orgulho muito grande poder dirigir esse time, um time de homens. O esforço, o investimento e o trabalho que o clube faz deve mesmo se refletir nisso. A gente olha e vê que vale a pena se sacrificar a cada dia, deixar a família. Então, é...”, disse Neto, emocionado.

Divulgação
Aos 39 anos, o veterano Marcelinho ergueu a taça de campeão do NBB pelo Flamengo. Fotos: Luiz Pires/LNB
Após conquistar o Campeonato Carioca, a Liga das Américas e o NBB, o Flamengo quer mais, avisou o técnico. Em setembro, a equipe decide o Mundial de Clubes com o Maccabi Tel Aviv, campeão europeu. Em outubro, viaja aos Estados Unidos para fazer dois jogos na pré-temporada da NBA.

“O Flamengo merece e vamos em frente até que alguém consiga nos parar. Enquanto isso, nossa vontade de querer mais vai sempre existir. Vamos querer mais a cada dia. Esse time é fantástico e muito fácil de dirigir”, disse Neto, que também preferiu não entrar em detalhes sobre o futuro.

Marquinhos, por sua vez, comemorou 30 anos de vida após marcar 12 pontos na final. “Ganhar um presente desses no dia do meu aniversário é muito gratificante. A gente lutou muito pelo título, quisemos muito. A conquista do NBB vem para coroar um ano incrível”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade