Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Capitão Paulo Baier pede “valorização do trabalho do Criciúma”

Criciúma (SC)

 

Após a traumática goleada aplicada pelo Botafogo, o Criciúma considerou o empate deste domingo como uma grande evolução e até mesmo como uma vitória. Jogando contra o líder da Série A, Internacional, o Tigre ficou o segundo tempo inteiro com um homem a menos e garantiu o empate em 0 a 0.

O Colorado dominou a partida e em vários momentos a posse de bola era de mais de 70% para o visitante. No entanto, os gaúchos não conseguiram modificar o placar. O capitão da equipe catarinense, Paulo Baier, saiu de campo satisfeito com o resultado e pediu reconhecimento para a força de vontade do Criciúma em campo.

Fernando Ribeiro/Criciúma E.C.
O capitão do Criciúma, Paulo Baier, pediu reconhecimento do trabalho da equipe, que empatou com o Inter neste domingo

“Queria que vocês da imprensa valorizassem nosso trabalho. Jogamos com um jogador a menos e saímos com o empate. Isso para nós é uma vitória, dá muita alegria para o torcedor. As pessoas, principalmente a imprensa, têm que valorizar isso”, desabafou. “Hoje o torcedor pode ir pra casa feliz. Empatamos, mas conseguimos como se fosse três pontos”.

O experiente atleta ainda enfatizou a força do adversário. “O Inter é um time de grandes jogadores. Mostramos hoje que também temos grandes jogadores, homens aqui do lado. Foi triste, a gente lamenta, mas mostramos quem é Criciúma. Todo mundo saiu exausto”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade