Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Com aval de Gareca, Alberto aponta obrigação fixa de melhora do time

São Paulo (SP)

Diferentemente do sorriso que abriu após ver a vitória sobre o Figueirense na quinta-feira, Ricardo Gareca, obviamente, não fez cara de quem gostou do que viu ao acompanhar a derrota do Palmeiras para a Chapecoense nesse domingo nas tribunas da Arena Condá. Mas Alberto Valentim cita até aprovação do técnico argentino para não falar em mudanças drásticas na equipe.

“Ele gostou muito do time, gostou muito. Nas palavras dele, é um time muito aplicado, que sabe marcar e procura jogar. Só falei com ele em um almoço rápido na sexta-feira, e ele gostou do que viu”, comentou o interino, que inicia nesta segunda-feira a sua última semana à frente do Verdão.

O ex-lateral direito não só comandará o time contra Botafogo, na quarta-feira, em Presidente Prudente, e Grêmio, no domingo, no Rio Grande do Sul, como será responsável por conduzir os treinamentos tendo Gareca apenas como observador. Em despedida da função, Alberto manterá a estratégia que lhe dava 100% de aproveitamento em quatro jogos até esse domingo.

“O que apareceu muito para todos em meus quatro primeiros jogos foi a marcação forte. Temos que melhorar, com certeza, como também sempre falamos isso nas vitórias. Não vamos mudar o desenho por causa de uma derrota fora de casa em que a Chapecoense jogou muito bem”, disse o interino, contestando quem critica a presença de Renato como único marcador no meio-campo.

“O time pode melhorar em todos os aspectos: na parte defensiva, na posse de bola, procurar finalizar mais vezes a gol. Mas não porque perdemos, é porque o Campeonato Brasileiro exige isso. E os jogadores estão cientes disso, eles mesmos falaram isso na roda deles”, prosseguiu Alberto.

O espírito de esforço que impôs no time e foi aprovado por Gareca fará parte do trabalho de transição que Alberto terá enquanto o argentino trabalhar durante a Copa do Mundo. “A parada da Copa vai facilitar para acelerarmos o processo de conhecimento do Gareca e seus auxiliares do time”, afirmou.

Divulgação
Interino manterá tática que deu vitórias nos quatro primeiros jogos (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade