Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Com gol de Jael no fim, líder Joinville vence Náutico e segue 100%

Joinville (SC)

O líder Joinville entrou em campo na tarde deste sábado com a missão de defender o seu aproveitamento perfeito no Campeonato Brasileiro da Série B. Atuando na Arena JEC, os comandados de Hemerson Maria protagonizaram um jogo franco com o Náutico, que fez sua primeira partida após a demissão do técnico Lisca. A partida se encaminhava para o empate, quando aos 42 minutos do segundo tempo, o centroavante Jael cobrou uma falta com perfeição para dar a vitória aos mandantes, pelo placar de 1 a 0.

Com o triunfo, o Coelho segue no primeiro posto, com 12 somados. Já o Alvirrubro aparece na quinta posição, somando cinco.

O próximo compromisso do JEC será no dia 17 de maio, sábado, às 21 horas (de Brasília), diante do Atlético-GO. O palco do embate é o estádio Serra Dourada, em Goiânia. Por sua vez, o Timbu volta a campo diante do Vasco, no mesmo dia, mas às 16h20, na Arena Pernambuco.

O jogo – Mesmo atuando em solo catarinense, foi o Náutico quem criou a primeira chance de perigo do compromisso, aos cinco minutos. Após receber um passe do volante Elicarlos, Zé Mário serviu Marcos Vinícius, que concluiu no lado externo da rede. A resposta do Joinville veio com 23 jogados. Primeiro, Bruno Costa finalizou da intermediária e viu Alessandro espalmar para frente. Porém, o goleiro alvirrubro se recuperou no rebote e travou a finalização de Naldo. Na sequência do lance, Jael chutou por cima.

Aos 28 minutos, o Coelho repetiu a “chegada dupla” em grande estilo. Em escanteio preciso cobrado por Marcelo Costa, o zagueiro Bruno Aguiar testou firme e exigiu uma grande defesa de Alessandro. No rebote, o defensor, fazendo as vezes de camisa 9, emendou uma bicicleta e viu o lateral Raí afastar o perigo, de cabeça. No ataque seguinte, Edigar Júnio recebeu na entrada da área e finalizou cruzado, mas nenhum jogador tricolor completou.

Com 30 jogados, o Timbu criou uma chance clara de inaugurar o marcador. Marcos Vinícius realizou uma linda assistência para o centroavante Rodrigo Careca, mas o centroavante demorou para concluir e acabou travado providencialmente por Rafael. A resposta mandante veio sete minutos mais tarde, mas Bruno Aguiar parou em nova defesa de Alessandro.

A partida ainda reservou emoções para a reta final da primeira etapa. Aos 40 minutos, Murilo Bedusco cruzou na medida, mas Jael testou por cima da meta pernambucana. Três minutos mais tarde, Marcos Vinícius finalizou colocado e viu Ivan buscar a bola no ângulo, com a mão esquerda.

Com nove minutos da segunda etapa, Alessandro voltou a salvar o Náutico. Em novo escanteio cobrado por Marcelo Costa, Bruno Aguiar, insistente, testou firme e viu o arqueiro adversário praticar nova defesa. Aos 13, Zé Mário teve a chance de furar o bloqueio catarinense, aproveitando uma sobra de bola na entrada da área, mas teve sua finalização travada por Naldo.

A partir dos 25 minutos do tempo final, o Joinville pressionou e criou grandes oportunidades de gol. Na falha do volante Dê, Edigar Júnio aproveitou a sobra de bola e finalizou firme, mas Alessandro espalmou. Aos 28 minutos, em cobrança de escanteio, Jael testou para o chão e mandou a bola rente ao travessão recifense.

Porém, aos 42 minutos, a insistência mandante resultou em gol. Em cobrança de falta, Jael mostrou precisão e mandou a bola no canto direito de Alessandro, que nada pôde fazer. O tento do camisa 9 manteve o aproveitamento perfeito dos mandantes, que seguem isolados na liderança.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade