Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Leandro vai à Seleção e Marquinhos Gabriel tenta, enfim, se firmar

William Correia São Paulo (SP)

Em semestre de atuações apáticas no Palmeiras, Leandro saiu vaiado de seu último jogo pelo clube antes de se juntar à Seleção Brasileira sub-21 que disputará o Torneio de Toulon, na França. Marquinhos Gabriel, então, entrou em campo e deu a dinâmica que faltava para vencer o Sampaio Corrêa. Agora, espera aproveitar a ausência do titular para, finalmente, se firmar no time.

Com a assistência que deu para Henrique na quarta-feira, o camisa 40 ratificou sua liderança no quesito no elenco palmeirense dando seu quarto passe a gol na temporada, o dobro do que fez Valdivia, jogador mais caro do elenco, em 2014. Mas falta a Marquinhos Gabriel, autor de um gol pelo Verdão, provar que também pode ser útil como titular.

Nos 14 jogos que fez pelo clube até agora, foi decisivo só quando saiu do banco. “Vou buscar meu espaço. Como sempre falei, estou aqui para ajudar e, mais uma vez, ajudei contra o Sampaio Corrêa”, disse o jogador, sem mostrar ânimo ou desânimo na espera por um novo técnico. “Quem chegar, vai conversar com o grupo e estaremos juntos nesta luta até o final do ano.”

Enquanto o substituto de Gilson Kleina não é contratado, Marquinhos Gabriel é o mais provável dono da vaga que Leandro deixa. O interino Alberto Valentim sempre conversou com o jogador de 23 anos, mesmo quando ainda não era o técnico da equipe, e pedirá ao atleta, que tem contrato até o final do ano, a dinâmica que deu com pouco mais de meia hora em campo na quarta-feira.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Com quatro assistências, meia lidera o quesito no elenco e já fez até gol, mas só ajudou quando saiu do banco
“Falo muito com os atletas que jogam menos que o Palmeiras é muito grande e, quando falamos de elenco forte, é de um elenco de 35 jogadores. O treinador precisa de todos. Quando os titulares não podem jogar, esses atletas que jogam menos precisam aproveitar a oportunidade”, discursou Alberto.

Mesmo se o Brasil não passar da primeira fase do Torneio de Toulon, não haverá tempo para Leandro voltar ao Palmeiras antes da Copa do Mundo. Por isso, Marquinhos Gabriel tem a sua grande oportunidade de mostrar valor, e já promete empenho. “Precisávamos de um jogo corrido como contra o Sampaio Corrêa para verem a raça do Palmeiras e que somos um grupo merecedor”, falou o meia-atacante.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade