Futebol/Torneio de Toulon 2014 - ( - Atualizado )

Com nomes conhecidos, Seleção Sub-21 estreia em Toulon contra Coreia do Sul

Toulon (França)

Nesta quinta-feira, a Seleção Brasileira Sub-21 entra em campo para estrear no Torneio de Toulon 2014, na França, e o primeiro adversário é a Coreia do Sul. Recheado de nomes conhecidos da torcida, o time canarinho tenta começar o campeonato positivamente. Se repetir o título do ano passado, a jornada renderá o oitavo título brasileiro na competição.

Da provável equipe titular comandada por Alexandre Gallo, praticamente todos já defenderam o time principal em seus clubes e têm projeção nacional. Há ainda quem já tenha experiência no futebol europeu, como o zagueiro Marquinhos. O dono da camisa 3 foi revelado pelo Corinthians e ainda passou pela Roma, da Itália, antes de desembarcar no Paris Saint-Germain. Na equipe francesa, ele figura com relativa frequência na defesa titular.

O responsável por fazer a dupla de zaga com Marquinhos é Dória. Peça importante do setor defensivo do Botafogo, o jogador foi titular em 20 das 28 partidas de sua equipe nesta temporada e capitão na campanha vitoriosa do Torneio de Toulon do último ano.

Nas laterais, uma dupla rival no futebol gaúcho: Gilberto, do Internacional, e Wendell, do Grêmio. Enquanto o primeiro assumiu titularidade no Colorado apenas nas últimas semanas, o segundo já vem aparecendo no time principal tricolor desde a disputa da Libertadores da América.

AFP
Dória levantou o troféu em 2013, quando Brasil conquistou o hepta do Torneio de Toulon (foto: Valery Hache)
Atrás da linha de quatro defensores estará Marcos, que com apenas 18 anos é o mais jovem da equipe convocada por Gallo. O goleiro ainda não estreou no profissional do Fluminense, mas tem experiência na Seleção Brasileira Sub-17 ao disputar o Campeonato Mundial no ano passado.

O meio-campo deve ser ainda menos desconhecido para o torcedor brasileiro, principalmente para cruzeirenses e são-paulinos. Do time mineiro, Lucas Silva e Alisson aparecem no setor, enquanto o Tricolor cede o volante Rodrigo Caio e o meia-atacante Ademílson, que é o dono da camisa 10 e estava na equipe campeã em 2013.

No ataque, Thalles aparece como o principal destaque. O mais novo xodó da torcida vascaína faz dupla com o palmeirense Leandro, único da equipe brasileira que perdeu espaço em sua equipe nos últimos meses. Defendendo o Verdão, o atacante fez boa campanha na Série B do Campeonato Brasileiro no ano passado, mas caiu de produção no começo desta temporada e não está em sua melhor fase.

Com papéis importantes em seus clubes, os convocados do scretch canarinho Sub-21 sobem ao gramado do Complexo Esportivo Léo Lagrange às 16h15 (de Brasília) desta quinta-feira. Na chave B, a partida contra a Coreia do Sul vale pela primeira rodada da fase de grupos.

Divulgação/São Paulo FC
Da esquerda para direita, Rodrigo Caio, Ademílson e Lucas Evangelista estarão em Toulon com o também são-paulino Auro; Tricolor foi o clube que mais cedeu jogadores à Seleção Brasileira para o torneio
Inglaterra encara Catar; Colômbia folga - Dois dos concorrentes do Brasil na chave B do Torneio de Toulon também entram em campo nesta quinta-feira: às 18h30 (de Brasília) Inglaterra e Catar medem forças. Já a Colômbia só estreia no sábado, contra a própria Seleção Brasileira, porque cada grupo da competição conta com cinco participantes.

Chile, China, França, México e Portugal estão no grupo contrário e brigam pela única vaga que leva à final. A anfitriã é a maior campeã do Torneio de Toulon com 11 conquistas, mas não levanta a taça desde 2007.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade