Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Com vitória nas mãos, paranistas lamentam erros em virada do Avaí

Florianopolis (SC)

O Paraná Clube vencia o Avaí até os 32 minutos do segundo tempo, em plena Ressacada, mas permitiu a virada, ficando em situação delicada na classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. Um erro no recuo de bola de Anderson Rosa, aos 33 minutos, desencadeou um abalo generalizado no time, que cedeu o segundo gol aos 44 minutos. O zagueiro Gustavo lamentou os erros, que mai suma vez foram fatais para o Tricolor.

“A gente jogando fora de casa, saímos na frente, o jogo controlado, e com nossos próprios erros, com uma falha nossa, aconteceu (o primeiro gol)”, avaliou o defensor, que na sequência viu o time se desequilibrar, abalado pelo empate. “Tinha que ter um pouco de equilíbrio para não tomar contra-ataque, e assim saiu o segundo gol. E perdemos um jogo que até os 32 minutos do segundo tempo estava em nossas mãos”, completou.

O meia Juliano Mineiro estava inconformado com o resultado final, especialmente pela mudança radical nos 20 minutos finais. “De repente a gente estava controlando o jogo, fizemos o gol e, por uma infelicidade, mudou completamente o rumo do jogo. O Avaí não ganhou o jogo, a gente é que perdeu. Estava em nossas mãos a vitória”, afirmou.

Experiente, o goleiro Marcos, que evitou culpar seu zagueiro, acredita que ainda e possível dar a resposta, mas somente com outra postura em campo. “Personalidade a gente tem. Mas estamos em um momento em que precisamos rever algumas coisas, dar um pouquinho mais. Às vezes no futebol o gol só sai se o adversário errar. E tem acontecido com a gente. É triste, dói bastante. Estávamos controlando, mas o erro aconteceu. Mas não podemos culpar um atleta. Perdemos todos”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade