Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Com voleio de Pimpão, América-RN supera o Luverdense em Goianinha

Goianinha (RN)

Nesta sexta-feira, foi inaugurada a nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Atuando no Estádio José Nazareno do Nascimento, em Goianinha-RN, o América de Natal recebeu o Luverdense e triunfou, pelo placar de 2 a 0. Os gol dos triunfo mandante foram anotados no final da segunda etapa, através de Rodrigo Pimpão, com um belo voleio, e Adriano Pardal.

Com o resultado positivo, o Alvirrubro chega aos 13 pontos e segue no setor intermediário da tabela de classificação. Por sua vez, o clube de Lucas do Rio Verde-MT, com 15 somados, continua nas proximidades da zona de acesso.

O próximo compromisso do Mecão será diante do Sampaio Corrêa, em São Luís-MA, nesta sexta-feira. O duelo terá início às 19h30 (de Brasília), no Estádio Castelão. Por sua vez, no mesmo horário, o Verdão do Norte mede forças com o Paraná, na sexta-feira (6), em Curitiba-PR.

O jogo – No retorno à Goianinha, o América-RN criou a primeira chance do duelo. Após receber com liberdade na intermediária, o camisa 10 Daniel Costa finalizou firme, mas mandou a bola à esquerda de Gabriel Leite. Três minutos mais tarde, o lateral-direito Marcelinho foi acionado na ponta direita e cruzou rasteiro, porém, o zagueiro Braga fez o corte providencial e evitou a conclusão de Max.

Com 35 jogados, o Alvirrubro voltou a pressionar. Após boa jogada arquitetada por Max, o veloz Rodrigo Pimpão recebeu na ponta esquerda, invadiu a área e finalizou rente à trave visitante. Demonstrando pouca criatividade, o Luverdense pouco incomodou a meta potiguar na primeira etapa.

No tempo complementar, o Mecão seguiu em busca da vitória e criou uma boa oportunidade de gol. Em escanteio cobrado da direita, o zagueiro Cléber se antecipou à marcação e testou firme, mas parou em boa defesa de Gabriel Leite. Com 33 jogados, Wálver, substituto de Marcelinho, recebeu um bom passe de Rodrigo Pimpão, tirou o goleiro adversário do lance e finalizou na trave esquerda.

Durante os minutos finais, os comandados de Oliveira Canindé se lançaram ao ataque e balançaram a rede visitante em grande estilo. Aproveitando um cruzamento preciso de Wálber na ponta direita, Rodrigo Pimpão emendou um belo voleio e mandou a bola no ângulo esquerdo do arqueiro do Verdão do Norte, que nada pôde fazer. O golpe final veio aos 48 minutos, em contragolpe mortal completado por Adriano Pardal, que teve calma para tocar na saída de Gabriel Leite.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade