Futebol/Bastidores - ( )

Convocação e clássico dividem atenção de Pato em dia de jogo

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Às 11h30 desta quarta-feira e a partir de 16h de domingo, Alexandre Pato estará apreensivo. São esses os horários da convocação da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo e do clássico contra o Corinthians, respectivamente. Dois temas que interessam ao atacante são-paulino, que irá a campo apenas uma vez nesta semana, justamente na noite desta quarta-feira, diante do CRB.

"É óbvio que vou estar observando (a convocação do técnico Luiz Felipe Scolari). Vou ficar esperando, mas também concentrado para o jogo de noite", disse, sorrindo e admitindo esperança em ouvir seu nome, apesar de não ter sido mais convocado desde setembro do ano passado, quando foi chamado para amistosos contra Austrália e Portugal. "Nada é impossível", justificou.

"Tenho trabalhado muito. Sempre quis estar na Seleção, nunca quis sair de lá. Não vinha tendo sequência de jogos (no Corinthians). Quando tive, fui chamado. Aqui, estou fazendo meu trabalho, me esforçando ao máximo e quero, sim, ser convocado. Qual jogador não quer ser convocado? Espero bastante essa convocação", falou, notadamente ansioso.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Pato tem esperanças de ser chamado, ao contrário de Luis Fabiano, que já admitiu não mais sonhar com Copa
A convocação será transmitida pela televisão enquanto Pato e os outros 19 jogadores relacionados pelo técnico Muricy Ramalho para enfrentar o CRB estiverem na concentração, no CT da Barra Funda. Se seu nome não estiver na lista dos 23 convocados, o atacante de 24 anos ficará frustrado. Embora esteja ciente de que a falta de sequência no rival o atrapalhou, ele não gostaria de perder outra chance de disputar um Mundial.

"Em 2010, eu vinha de lesões. Tive uma lesão bem perto da convocação e, infelizmente, perdi uma Copa", comentou o jogador, lamentando ter que ver da televisão também o clássico de domingo, contra o Corinthians, por conta de acordo no empréstimo que o impede de enfrentar o antigo clube, o qual detém seus direitos econômicos até o final de 2016.

"Estou muito focado no jogo (contra o CRB), mas fico triste, sim, por não poder jogar o clássico. Gostaria de jogar todos os jogos, mas regras têm que ser cumpridas. Gostaria de estar ali dentro, porque ficar fora, pela TV, não é legal. Então, vou dar meu máximo contra o CRB, porque não vou poder jogar no fim de semana. Vou correr muito", prometeu o atacante.

O duelo com o CRB será às 22 horas desta quarta-feira, no Pacaembu. Por ter perdido o jogo de ida por 2 a 1, em Maceió, o São Paulo depende de vitória por 1 a 0 ou por dois gols de diferença, caso também seja vazado, para se classificar para a terceira fase da Copa do Brasil.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade