Futebol/ Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Cortez ressalta ‘verdadeiro Criciúma’ e já mira clássico regional

Criciúma (SC)

O Criciúma vinha de uma humilhante derrota, por 6 a 0, diante do Botafogo, no último fim de semana, e muitos imaginaram que o jogo contra o líder Internacional terminaria em mais uma derrota do Tigre. No entanto, o futebol pregou mais uma surpresa e o time catarinense, mesmo com um jogador a menos desde o final do primeiro tempo, segurou o empate sem gols no Heriberto Hülse, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Um dos mais satisfeitos após a partida era o lateral-esquerdo Bruno Cortez, que exaltou a garra e a postura da equipe diante do Colorado.

“Antes de qualquer coisa, quero dar os parabéns à garra da nossa equipe. Jogar contra o Inter sempre é difícil, mas com um homem a menos é ainda mais complicado. Hoje mostramos o verdadeiro Criciúma. Isso faz o nosso time se transformar em uma família cada vez mais forte”, afirmou o lateral.

Divulgação/Criciúma E. C.
Bruno Cortez exaltou o 'verdadeiro Criciúma' e quer manter a mesma pegada para o próximo jogo na Série A

Agora o Tigre terá mais um desafio complicado pela frente. Na quarta-feira, também no Majestoso, às 21 horas, ocorrerá um duelo regional pela sexta rodada da Série A. O adversário é a Chapecoense, que também está na zona de rebaixamento e Cortez quer manter a postura do jogo contra o Inter para vencer e melhorar sua posição na tabela: “Espero um jogo muito difícil, clássico sempre é complicado. A Chapecoense é uma boa equipe e temos que ter humildade e manter a pegada de hoje para conseguirmos um resultado positivo”.

O Criciúma é o 17º colocado, com apenas quatro pontos ganhos e tem a pior defesa do torneio, com nove gols sofridos. Em cinco jogos, venceu apenas um, empatou uma vez e perdeu em três oportunidades.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade