Futebol Internacional/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Croácia anuncia lista final para a Copa do Mundo com novo desfalque

Osijek (Croácia)

A lista de desfalques da Croácia para a Copa do Mundo parece interminável. Horas antes de anunciar os 23 jogadores da convocação final para a competição, o técnico Niko Kovac foi obrigado a descartar mais um atleta – o meio-campista Milan Badelj, do Hamburgo, que sentia dores durante os treinos da semana, sequer jogou o amistoso contra Mali na manhã deste sábado e acabou ficando de fora do Mundial após exames que constaram um problema físico.

Além dele, Kovac também teve de riscar da pré-lista inicial de 30 atletas para a Copa os atletas Strinic, Kranjcar e Ilicevic, todos por lesão. Fora isso, o técnico não pôde sequer incluir na pré-lista o volante reserva Mate Males, contundido, e o lateral Simunic, banido da Copa por ter comemorado a vaga no Mundial com cantos nazistas, segundo a Fifa.

A Croácia também não poderá contar com Mario Mandzukic, do Bayern de Munique, na abertura da Copa contra o Brasil, já que o centroavante cumpre suspensão por ter sido expulso na última partida oficial da equipe, ainda pelas eliminatórias.

Divulgação
Com novo desfalque, Kovac anunciou a lista definitiva da Croácia para a Copa (Foto: Drago Sopta)

Por opção técnica, Kovac descartou Igor Bubnjic, Mario Pašalic e Duje Cop da lista final, que não reserva grandes surpresas. O lateral Pranjic, que, assim como Badelj, sentiu dores musculares durante a semana, mas acabou confirmado. No ataque está o brasileiro naturalizado croata Eduardo da Silva, que joga no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Confira abaixo a lista definitiva de convocados da Croácia para a Copa do Mundo:

Goleiros: Stipe Pletikosa (Rostov), Danijel Subašic (Monaco), Oliver Zelenika (Lokomotiva Zagreb)

Defensores: Darijo Srna (Shakhtar), Dejan Lovren (Southampton), Vedran Corluka (Lokomotiv), Gordon Schildenfeld (Panathinaikos), Danijel Pranjic (Panathinaikos), Domagoj Vida (Dynamo Kiev) e Šime Vrsaljko (Genoa)

Meio-campistas: Luka Modric (Real Madrid), Ivan Rakitic (Sevilla), Ognjen Vukojevic (Dynamo Kiev), Mateo Kovacic (Internazionale), Marcelo Brozovic (Dinamo), Sammir (Getafe) e Ivan Mocinic (Rijeka)

Atacantes: Ivan Perišic (Wolfsburg), Mario Mandžukic (Bayern), Ivica Olic (Wolfsburg), Eduardo Alves da Silva (Shakhtar), Nikica Jelavic (Hull City) e Ante Rebic (Fiorentina)

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade