Futebol/Copa Libertadores - ( )

Cruzeirenses lamentam gol de bola parada, mas confiam em vaga

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Cruzeiro vai ter que fazer valer o fator mando de campo se quiser seguir na Libertadores. Derrotado por 1 a 0 para o San Lorenzo no jogo de ida, os celestes vão precisar vencer por dois gols de diferença para chegar às semifinal da competição continental. Apesar do revés, os jogadores cruzeirenses mantém o otimismo na classificação da equipe.

“A gente teve um erro na partida, que foi um lance de bola parada e acabamos tomando o gol. No segundo tempo fomos para cima deles e infelizmente o gol não saiu, mas temos totais condições de reverter este resultado jogando dentro de casa”, disse o atacante Borges em entrevista ao canal Sportv.

O capitão Fábio também é otimista em relação a conquista da vaga jogando no Mineirão. O goleiro lamentou o fato de a Raposa ter sofrido um gol em lance de bola parada, curiosamente, jogada que é arma do Cruzeiro. Para Fábio, atuando no Gigante da Pampulha, e com o apoio do torcedor a vaga celeste será confirmada na próxima quarta-feira.

“A equipe estava jogando bem, mas bola parada tem essas coisas. Diante do nosso torcedor vamos fazer um belo jogo, como já fizemos outras vezes e reverter a pequena vantagem que eles têm. Dentro do Mineirão a gente é forte, e vai dar tudo certo em nome de Jesus. Estamos firmes e vamos conseguir a classificação”, declarou.

AFP
Após cobrança de falta, o San Lorenzo marcou seu gol com Gentiletti. Foto: Juan Mabromata

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade