Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Cruzeiro recebe San Lorenzo precisando vencer para avançar

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Único time Brasileiro ainda vivo na Libertadores, o Cruzeiro vai precisar reverter vantagem do San Lorenzo se quiser seguir na briga pelo título da América. A Raposa vai receber os argentinos nesta quarta-feira, às 22h, no Mineirão, e somente um resultado positivo interessa para os celestes para não serem eliminados.

Na partida de ida, na Argentina, o San Lorenzo venceu o Cruzeiro por 1 a 0, e joga por empate ou derrota por um gol de diferença, desde que balance as redes cruzeirenses. Novo placar de 1 a 0, só que favorável ao time brasileiro leva a decisão da vaga nas semifinais da competição de clubes mais importante da América para disputa de pênaltis.

Pensando nesta possibilidade, o Cruzeiro treinou pênaltis durante a preparação para a partida, que contou, inclusive, com treinos fechados para a imprensa. Marcelo Oliveira optou pelo mistério é só vai revelar a escalação celeste minutos antes da partida no Mineirão. A maior dúvida do treinador é no ataque, que vai precisar funcionar.

Logo após o jogo contra o Atlético-MG, pelo Brasileirão, Marcelo Oliveira acenou com a possibilidade de mudar o ataque celeste, iniciando o jogo com Marcelo Moreno. O comandante celeste, porém, não confirmou a entrada do boliviano, muito menos que sairia da equipe. Júlio Baptista e Ricardo Goulart são mais cotados para ir para o banco de reservas.

Já Dagoberto que treinou normalmente na última segunda-feira, mostrando que está recuperado de lesão muscular, e pode entrar na equipe desde o início ou ser preservado para jogar o segundo tempo. Se Dagoberto foi titular, será Willian que perderá a posição.

AFP
O treinador Marcelo Oliveira ainda acredita na vaga na próxima fase. Foto: Maxi Failla.
Reclamando de cansaço muscular, o avante Borges, que não jogou o clássico também na encara os argentinos. Já o lateral-direito Mayke sofreu uma entorse no tornozelo direito e foi vetado pelos médicos do Cruzeiro. O problema não é tão grande porque Ceará, que é titular do setor, tem condições de jogo.

Para desarticular a marcação do San Lorenzo, a Raposa vai precisar contar com a habilidade de Everton Ribeiro, que prevê uma jornada de sucesso para os celestes. “Expectativa boa de fazer mais um bom jogo. Dentro de casa a gente é forte e vou tentar fazer o que venho fazendo, que é tentar deixar os jogadores na cara do gol para a gente poder fazer os gols que o time precisa para conseguir a classificação”, declarou.

Mesmo jogando em casa, o Cruzeiro deverá encontrar dificuldades contra o Campeão Argentino, que investiu alto para os padrões do futebol da Argentina e espera a recompensa com o título inédito da Libertadores, por isso, não pretende facilitar a vida dos brasileiros. O técnico Eduardo Bauza poderá contar com um reforço importante para está quarta-feira.

O armador Romagnoli, que estava suspenso na partida de ida já tem condições legais de jogo, mas reclamou de torção no tornozelo direito no jogo contra o Estudiantes, pelo Campeonato Argentino e pode ficar como opção no banco de reservas. Neste caso, Villalba ficaria com a vaga no meio-campo para o jogo no Gigante da Pampulha.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X SAN LORENZO

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 14 de maio de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Martín Velázquez (URU)
Assistentes: Miguel Nievas e Carlos Pastorino (ambos do Uruguai)

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Samudio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart (Marcelo Moreno); Willian (Dagoberto) e Júlio Baptista (Marcelo Moreno)
Técnico: Marcelo Oliveira

SAN LORENZO: Torrico; Buffarini, Valdes, Gentiletti e Emanuel Más; Villalba (Romagnoli), Mercier, Ortigoza e Piatti; Correa e Mauro Matos
Técnico: Eduardo Bauza

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade