Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

David Luiz pede para não ser poupado, e Felipão pode voltar atrás

Tossiro Neto Teresópolis (RJ)

O técnico Luiz Felipe Scolari pensava em poupar quatro ou mais jogadores do amistoso de terça-feira que vem, contra o Panamá, mas já começa a reconsiderar a possibilidade de levar o grupo todo da Seleção Brasileira a Goiânia. O zagueiro David Luiz, pelo menos, diz que não gostaria de ficar fora da partida.

"É claro que tem alguns ajustes, algumas coisinhas que podemos melhorar, mas a vontade de todos os jogadores é jogar esses dois amistosos, esses dois últimos jogos de preparação, porque estamos com saudade de ir a campo. Eu quero ir. Tomara que ele não me deixei aqui, porque estou com muita saudade de representar meu país", disse o titular, sorrindo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Atleta quer jogar os amistosos antes da Copa

David Luiz é um dos que dependem de complementação de trabalho físico e já foi poupado de um trabalho com bola, a exemplo de outros jogadores. Nesta sexta-feira, porém, ninguém ficou na academia, o que deu a Felipão e sua comissão técnica mais segurança para eventualmente relacionar os 23 convocados.

Ocorre que, por se tratar de um amistoso oficial, o treinador só poderá fazer seis substituições. Logo, talvez não compense ter 12 reservas à disposição. Por outro lado, está programado um treinamento em Goiânia na segunda-feira, véspera do duelo com o Panamá, e a comissão técnica gostaria de ter todos juntos na atividade no Serra Dourada.

Conforme havia prometido o preparador físico Paulo Paixão, a definição não deve passar de sábado. Até porque a delegação deixa Teresópolis no domingo. Antes da estreia na Copa do Mundo, a Seleção ainda fará um último amistoso diante da Sérvia, em 6 de junho, no Morumbi.

Publicidade

Publicidade


PublicidadePublicidade


Publicidade


Publicidade